Institucional

Objetivos da OCB-GO

O objetivo da OCB-GO é representar e defender os interesses do sistema cooperativista goiano perante as autoridades constituídas e a sociedade, bem como prestar serviços adequados ao pleno desenvolvimento das sociedades cooperativas e de seus integrantes, além de exercer a representação sindical patronal das sociedades cooperativas estabelecidas no Estado de Goiás.

São também objetivos da OCB-GO:

  • Realizar estudos, pesquisas e avaliações, autonomamente ou com a colaboração de terceiros, além de propor soluções para os problemas relacionados com o desenvolvimento da estrutura organizacional e funcional das Sociedades Cooperativas e, desta forma, colaborar com o governo em suas tomadas de decisões e medidas, no que diz respeito ao Sistema Cooperativista Goiano e à sua atuação socioeconômica geral;
  • Preservar a identidade e a unidade do sistema cooperativista goiano, promovendo a divulgação da doutrina cooperativista, estimulando o fortalecimento do cooperativismo, fomentando e orientando a criação de sociedades cooperativas dos mais diversos ramos, modalidades ou características existentes, e realizando estudos visando à solução dos problemas que porventura afetem o desenvolvimento do sistema cooperativista goiano;
  • Manter, sempre que possível e necessário, serviços consultivos e técnicos especializados, esclarecendo dúvidas e fazendo sugestões quanto a estrutura social, método gerencial e/ou operacional, questões jurídicas e sindicais, de modo a permitir às Sociedades Cooperativas filiadas, de acordo com os seus interesses, receberem orientações para a resolução de eventuais problemas específicos;
  • Estimular o fortalecimento do sistema de representação do cooperativismo, incentivando, orientando e assessorando as Sociedades Cooperativas a promoverem a autogestão;
  • Defender, manter e prestar serviços de assistência geral ao Sistema Cooperativista, seja quanto a sua estrutura social, seja quanto aos métodos operacionais, assim como orientar as Sociedades Cooperativas filiadas quanto aos aspectos técnicos e jurídicos, fazendo-o na forma de pareceres e recomendações, sempre respeitando as normas e diretrizes emanadas da Organização das Cooperativas Brasileiras – OCB Nacional;
  • Prestar às Sociedades Cooperativas filiadas à OCB-GO, serviços de consultoria técnica contábil, jurídica, administrativa, educacional, operacional e socioeconômica;
  • Comunicar à OCB e a qualquer outro órgão de direito, a ocorrência de eventuais práticas nocivas ao desenvolvimento cooperativista;
  • Integrar-se ao sistema cooperativista e sindical nacional e mundial, visando preservar e aperfeiçoar os seus princípios;
  • Registrar todas as Sociedades Cooperativas com atuação no Estado de Goiás, observando o que dispõe o artigo 107 e seu parágrafo único da Lei Federal 5.764, de 16 de dezembro de 1971, bem como o inciso XI do artigo 50 da Lei Estadual 15.109, de 02 de fevereiro de 2005 e outras pertinentes que venham a entrar em vigor;
  • Opinar nos processos que forem submetidos a sua apreciação, quando relacionadas aos interesses do sistema cooperativista ou sindical;
  • Manter convênios com órgãos governamentais, entidades sociais, sociedades cooperativas, fundações sociais, organizações não governamentais, organizações sociais de interesse público, empresas de economias mistas, empresas privadas e outras, com vistas ao cumprimento de seus objetivos legais e estatutários, desde que tais convênios não interfiram na autonomia e no desenvolvimento de suas atividades e das atividades das Sociedades Cooperativas, às quais lhe compete representar;
  • Exercer outras atividades inerentes a sua condição de órgão de representação e defesa da doutrina e do Sistema Cooperativista Goiano;
  • Impetrar, quando for o caso, Mandado de Segurança, nos termos do que estabelece a Constituição Federal;
  • Representar, perante os órgãos públicos e/ou privados, as Sociedades Cooperativas Goianas, defendendo os direitos e interesses gerais dessa categoria patronal;
  • Firmar acordos, convenções e contratos coletivos de trabalho, suscitar ou contestar dissídios coletivos que abranjam as categorias e ramos que lhe compete representar;
  • Eleger ou designar representantes, delegados, procuradores e mandatários;
  • Instituir delegacias ou seções dentro da respectiva base territorial, quando julgar oportuno, visando melhor proteção das Sociedades Cooperativas que lhe compete representar;
  • Colaborar com os órgãos oficiais no campo técnico e consultivo, no estudo de problemas que se relacionam com a categoria que lhe compete representar;
  • Estabelecer e cobrar contribuições e/ou mensalidades de todos os integrantes registrados e/ou filiados à instituição, inclusive de natureza sindical;
  • Encaminhar à OCB Nacional o credenciamento ou descredenciamento de auditores independentes, para os fins previstos no artigo 112 da Lei nº 5.764, de 16 de dezembro de 1971;
  • Manifestar-se, quando solicitado pela OCB Nacional ou entidades sindicais de grau superior, a propósito de indicação dos seus representantes efetivos e suplentes junto a órgãos públicos e privados, coordenando, liderando, mobilizando, zelando, e defendendo o cooperativismo e o sindicalismo patronal cooperativista goianos;
  • Promover a defesa judicial e extrajudicial dos direitos individuais homogêneos, coletivos e interesses difusos do Sistema Cooperativista goiano;
  • Orientar e auxiliar as Sociedades Cooperativas sobre as normas aplicáveis ao sindicalismo patronal;
  • Criar instrumentos e/ou departamentos internos necessários à propaganda e a organização sindical;
  • Colaborar com o poder público no desenvolvimento da solidariedade social;
  • Manter serviços de consultoria técnica, operacional, econômica e jurídica de natureza trabalhista, para as Sociedades Cooperativas filiadas à OCB-GO, orientando-as e assistindo-as em caso de eventuais convenções, acordos e dissídios coletivos;
  • Conciliar e dirigir as questões sociais internas suscitadas e sugerir medidas para saná-las;
  • Representar as Sociedades Cooperativas em acordos, convenções e contratos coletivos de trabalho, além de suscitar ou contestar dissídios coletivos, caso necessário;
  • Expedir Certificados de Registro, Filiação, Regularidade Técnica, Operacional e/ou Financeira das sociedades cooperativas;
  • Estudar estratégias, coordenar ações, proteger e representar em juízo ou fora dele, todas as sociedades cooperativas goianas, no que diz respeito à esfera sindical;
  • Reivindicar nas esferas governamentais soluções aos problemas sócio-econômicos e políticos que afetarem o cooperativismo, através de atitudes próprias, em conjunto com entidades congêneres ou em parceria com outras instituições;
  • Exercer, nos termos da legislação pertinente, a presidência do SESCOOP/GO, através de seu presidente;
  • Firmar convênio ou filiar-se a entidades e/ou instituições de proteção ao crédito.

 

Objetivos estratégicos

Desde 2015, o Sistema OCB/SESCOOP-GO tem conduzido suas ações com base nos indicadores e orientações apontados no Planejamento Estratégico 2015-2020. O documento foi desenvolvido pela OCB e SESCOOP nacionais, dentro de um projeto que pretende melhorar os resultados das cooperativas e construir uma visão estratégica, que fortaleça o cooperativismo em todo o País.

Clique aqui para ver o mapa estratégico da OCB-GO, com os objetivos estratégicos (finalísticos e de gestão) da instituição.

Galerias

Cooperativas

Use o campo abaixo para buscar cooperativas. Buscar

Boletins

Cadastre seu email e receba nossos boletins.
Compartilhar

Comentar

Deixe abaixo seu comentário:      

Email

Compartilhe este artigo por email: