Notícias

03/12/2013 - Cooperativas agropecurias batem recorde de exportaes em 2013

03/12/2013
Nos dez meses de 2013, as exportações das cooperativas brasileiras tiveram aumento de 2,7% sobre o ano de 2012, alcançando um total de US$ 5,344 bilhões. O valor é recorde para esse período na série histórica setorial, iniciada em 2007. Em relação às importações, de janeiro a outubro de 2013 houve crescimento de 10% em relação ao mesmo período de 2012: de US$ 301,9 milhões para US$ 332,1 milhões (0,2% do total Brasil). O saldo da balança comercial das cooperativas está positivo em US$ 5,012 bilhões em 2013, valor acima do nível observado no mesmo período de 2012, quando atingiu US$ 4,8 bilhões. 

Em relação à corrente de comércio, no período comparativo, o resultado foi de US$ 5,676 bilhões, com crescimento 3,1% de sobre 2012 quando atingiu US$ 5,503 bilhões. Para o presidente do Sistema OCB, Márcio Lopes de Freitas, o resultado reflete o potencial das cooperativas do ramo agropecuário e todo o empenho do setor produtivo em melhorar a gestão e em ampliar a própria cadeia de produção, a fim de obter bons preços e bons negócios. “Esse percentual representa muito para o cooperativismo brasileiro, pois mostra que as cooperativas se firmam, cada vez mais, com produtos de qualidade e em quantidade, como concorrentes de peso no mercado agropecuário do Brasil e do mundo”, avalia Márcio Freitas. 

Entre os principais produtos exportados pelas cooperativas, nos dez primeiros meses deste ano, destacam-se: açúcar refinado (com vendas de US$ 912,8 milhões, representando 17,1% do total exportado pelas cooperativas); soja em grão (US$ 734,5 milhões, 13,7%); carne de frango (US$ 633,1 milhões, 11,9%); farelo de soja (US$ 619,4 milhões, 11,6%); etanol (US$ 551,2 milhões, 10,3%); café em grão (US$ 530,3 milhões, 9,9%). 

As vendas externas das cooperativas alcançaram, no período, 140 países. O número é superior ao registrado entre janeiro e outubro do ano passado, de 133 países de destino. Os maiores volumes de exportações do segmento tiveram como destino: China (vendas de US$ 865,9 milhões, representando 16,2% do total); Estados Unidos (US$ 616,7 milhões, 11,5%); Emirados Árabes Unidos (US$ 422,5 milhões, 7,9%); Países Baixos (US$ 347,8 milhões, 6,5%); e Alemanha (US$ 270,7 milhões, 5,1%). (Fonte: Informe OCB/MDIC)

Galerias

Cooperativas

Use o campo abaixo para buscar cooperativas. Buscar

Boletins

Cadastre seu email e receba nossos boletins.
Compartilhar

Comentar

Deixe abaixo seu comentário:      

Email

Compartilhe este artigo por email: