Notícias

20/11/2014 - Projeto combate o desperdcio de alimentos

20/11/2014
O Projeto de Extensão Disco Xepa, do Campus Pirenópolis da Universidade Estadual de Goiás (UEG), ocupa a Praça Central da cidade nesta quinta-feira, 20, para colocar em prática o combate ao desperdício de alimentos por meio da degustação de um menu criado especialmente com alimentos da “xepa”. O evento encerra um ciclo iniciado em abril deste ano, quando as atividades foram iniciadas. O Disco Xepa será das 16 às 20 horas e apresentará ao público as possibilidades de se trabalhar com produtos que são descartados pelos clientes dos mercados por apresentarem pequenas falhas, como machucados, mas que não se encontram inaptos para consumo.

Para elaborar os pratos que serão servidos, o projeto de extensão conta com os chefs André Barros, de Goiânia, e Vini Ferreira, de Pirenópolis. Os ingredientes utilizados serão oferecidos por verdurões da cidade, que aceitaram doar os alimentos não aproveitados por seus clientes. Segundo a coordenadora do projeto, professora Kátia Karam, o cardápio será elaborado no dia do evento, já que, primeiro, é necessário conhecer os ingredientes doados. A professora afirma que, após a doação, os alimentos passarão por uma triagem e apenas os produtos em bom estado serão preparados.

Além da degustação, o evento, como o nome sugere, ainda terá discotecagem e atrações culturais. Seguindo os conceitos dos movimentos Disco Xepa e Slow Food, o público também será convidado a participar do processo de preparo e a experimentar os pratos finais. O grande objetivo é chamar a atenção para o desperdício de alimentos causado pelo descarte de produtos ainda saudáveis.

Pesquisa e sensibilização
O projeto de extensão Disco Xepa foi iniciado em abril deste ano, com pesquisa realizada nos verdurões da cidade. O levantamento buscou identificar o que era comercializado e o que era rejeitado pelos consumidores, gerando resíduos. Além da pesquisa, os estudantes e membros da comunidade que participam do Disco Xepa ministraram oficinas de sensibilização contra o desperdício de alimentos nas escolas públicas de Pirenópolis.

A professora Kátia Karam destaca que a prática de aproveitar produtos descartados gera uma série de benefícios, tanto para o consumidor, quanto para o meio ambiente, visto que serão gerados menos resíduos orgânicos. Conforme a coordenadora, o Disco Xepa não chega ao fim com o evento de quinta-feira. As oficinas terão continuidade e uma segunda edição do evento será realizada em Goiânia (ainda sem data definida). Além disso, o grupo deve elaborar um material educativo, produzido a partir das pesquisas realizadas na cidade, com dicas para o aproveitamento desses alimentos. Esse produto será distribuído à população.

O movimento Disco Xepa teve origem na Europa, promovendo soluções práticas para combater o desperdício de alimentos. Os eventos que reverberam o movimento europeu no Brasil são divulgados na página www.facebook.com/discoxepa. Mais informações pelo telefone (62) 3328- 1179. (Fonte: Goiás Agora)

Galerias

Cooperativas

Use o campo abaixo para buscar cooperativas. Buscar

Boletins

Cadastre seu email e receba nossos boletins.
Compartilhar

Comentar

Deixe abaixo seu comentário:      

Email

Compartilhe este artigo por email: