Notícias

Boletim Goiás Cooperativo

Clipping Nacional

Flash Cooperativo

Circulares

Rádio Goiás Cooperativo

Rádio Goiás Cooperativo

Rádio Goiás Cooperativo/Interior

Podcasts

Releases

Cooperativismo Ilustrado

Vdeos

Central da Marca

Canais de Comunicao

Aplicativo GCOOP

Aplicativo Gcoop

Prmio de Jornalismo

1 Prmio de Jornalismo Gois Cooperativo

Museu Virtual Gois Cooperativo

Museu Virtual Gois Cooperativo

Vdeos sobre tica

Vdeos sobre tica

Novo prdio OCB-GO

Novo prdio OCB-GO

Cooperativa amiga da Criana

Conhea a campanha

OCB-GO 60 Anos

60 anos de Histria

Cdigo de conduta tica

Conhea o Cdigo de conduta tica

Portal de Negcios

Conhea o Portal de Negcios

Prmio de Jornalismo Gois Cooperativo

1 Prmio de Jornalismo Gois Cooperativo

Notícias

23/01/2014 - Emisso de cheques sem fundos fica estvel em 2013, diz Serasa

23/01/2014

Dois por cento dos cheques compensados em todo país foram devolvidos pelo menos duas vezes, no ano passado, por falta de recursos na conta do emissor. O percentual ficou praticamente estável ao registrado em 2012 (2,02%), segundo levantamento divulgado nesta quinta-feira (23) pela empresa de consultoria Serasa Experian. Em números absolutos, foram devolvidos 16.801.647 de cheques em 2013, e compensados 838.178.679.

Segundo a Serasa, também houve recuo no volume de cheques devolvidos nas comparações mensal e anual. Em dezembro de 2013, o percentual foi 1,91% ante 2% observado em novembro de 2013; e 2,04% verificado em dezembro de 2012.

De acordo com os economistas da Serasa, a leve queda da inadimplência ocorreu devido à manutenção da taxa de desemprego ao longo do ano passado e à maior preocupação dos consumidores em quitar suas dívidas.

Em uma análise da inadimplência por estados, os dados da Serasa Experian revelam que Roraima liderou o ranking de cheques sem fundos em 2013, com 11,06% de devoluções. O Amazonas registrou o menor percentual (1,37%). Entre as regiões, a Norte liderou o ranking, com 4,33% de cheques devolvidos. A região Sudeste apresentou o menor percentual (1,56%). (Fonte: Agência Brasil)

Compartilhar

Comentar

Deixe abaixo seu comentário:      

Email

Compartilhe este artigo por email: