Notícias

Ao cobra R$ 2,8 bilhes de devedores de ISS

24/06/2015
jeovalter-190908.jpg


Estatais e órgãos públicos lideram a lista de maiores devedores de Imposto sobre Serviços (ISS) ao município de Goiânia, que passam a ser alvo de medidas de cobrança. Anunciada nesta terça-feira (23), pela Secretaria de Finanças, a Operação Blue Chips pretende reduzir a inadimplência de grandes empresas em um universo de mil maiores devedores e um passivo de R$ 2,8 bilhões. Juntos, estatais e órgãos dos governos estadual e federal devem ao município R$ 1,08 bilhão.

Na relação, há casos de dívidas que se acumulam desde 2003. “Os pequenos sempre dão um jeito de pagar. Os grandes preferem pagar advogados para protelar o pagamento. A Prefeitura perdeu a paciência com isso”, afirmou o secretário de Finanças, Jeovalter Correia, em entrevista coletiva no Paço Municipal. “As pessoas com pouco recurso têm vergonha na cara e pagam. A Prefeitura vai às últimas consequências para receber”, completou.

A Prefeitura deu início às medidas de cobrança em março, com os devedores de Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU). Até agora, a arrecadação foi de 13% do total dos títulos enviados para protesto cartoral. “Se conseguirmos um porcentual semelhante no caso do ISS de grandes empresas, seriam mais de R$ 200 milhões entrando no caixa da Prefeitura”, diz Jeovalter.

Ao total, segundo a Sefin, a Prefeitura tem a receber R$ 5,44 bilhões em 8.058 processos e 680 mil devedores.

Do conjunto de mil empresas devedoras de ISS, 30 conseguiram a suspensão das ações no Judiciário. Assim, o Paço encaminhou 970 dívidas ao protesto cartoral, com dívidas de R$ 1,42 bilhão. Caso não haja pagamento em até três dias após o recebimento da notificação, os devedores são incluídos em serviços de proteção ao crédito.

Ainda no universo das mil grandes empresas, apenas 108 devem juntas 38% do valor total da dívida.

Jeovalter afirmou que, além das medidas de cobrança, a secretaria adota instrumentos para evitar novas dívidas, com Gerência de Inteligência Fiscal para monitorar grandes contribuintes e atuação da Superintendência de Cobrança da Dívida, ambas criadas na reforma administrativa da Prefeitura.

Fonte: O Popular

Galerias

Cooperativas

Use o campo abaixo para buscar cooperativas. Buscar

Boletins

Cadastre seu email e receba nossos boletins.
Compartilhar

Comentar

Deixe abaixo seu comentário:      

Email

Compartilhe este artigo por email: