Dia C

Sobre o DIA C GOIÁS

Aplicativo GCOOP

Aplicativo Gcoop

Prêmio de Jornalismo

1° Prêmio de Jornalismo Goiás Cooperativo

Vídeos sobre Ética

Vídeos sobre ética

Novo prédio OCB/GO

Novo prédio OCB-GO

Cooperativa amiga da Criança

Conheça a campanha

OCB/GO 60 Anos

60 anos de História

Código de conduta ética

Conheça o Código de conduta ética

Portal de Negócios

Conheça o Portal de Negócios

Prêmio de Jornalismo Goiás Cooperativo

1° Prêmio de Jornalismo Goiás Cooperativo

Cooperativismo Ilustrado

Confira todos Infocoops

Notícias

Artigo: Seguro agrícola, crédito rural e o abastecimento da população

27/01/2021



 
Celso Figueira
 
 
O agronegócio segue como setor pujante da economia brasileira. A alta dos alimentos, causada pelo dólar, exportações e produtos na entressafra, dão a falsa sensação de que o produtor rural vive seus dias de glória. Ledo engano. Somente quem conhece a realidade do homem do campo para entender os desafios de empreender num mercado, que depende diretamente da natureza e de investimentos constantes.
 
É nesse cenário que o seguro agrícola exerce seu papel fundamental de contribuir com o abastecimento, garantindo que as próximas safras sejam continuadas, independente da água que cai dos céus ou da cultura que é plantada. No Brasil, essa modalidade de seguro se torna ainda mais relevante, pois se trata de uma das maiores potências mundiais quando o tema é agricultura. Dados do Sicredi mostram que em todo o país, o seguro agrícola disponibilizado por cooperativas filiadas à instituição financeira evitou, somente nos últimos 12 meses, mais de R$126 milhões em prejuízos aos associados, mais de 6.717 sinistros avisados em 2020.
 
Entre as assistências dispostas nessa modalidade de seguro, podemos citar cobertura de incêndio, raio e explosão, vendaval, chuvas excessivas, seca, granizo, impacto de veículos terrestres e queda de aeronaves, danos elétricos, entre outros. Na prática, o seguro agrícola significa mais segurança ao agricultor que tem à sua disposição opções diversas de contratação, com coberturas e serviços que se adaptam às necessidades do campo, além de assistências específicas para a gestão do agronegócio. Porém, antes de optar pelo seguro, alguns pontos devem ser observados, em especial a escolha e idoneidade da instituição.
 
Outro produto financeiro que traz certo fôlego ao setor de alimentos, e consequentemente à capacidade de abastecimento da população, é o Plano Safra. Neste ano, segundo o Programa de Subvenção ao Seguro Rural (PSR), estão previstos recursos na ordem de R $1 bilhão. Tal linha de crédito deve chegar como um esteio também para as famílias, que em 2020 enfrentaram aumentos importantes de preços de itens básicos como o arroz e o óleo de soja.
 
Historicamente, o cooperativismo de crédito caminha lado a lado aos anseios do homem do campo. Em cenários adversos, somos a garantia de retorno do investimento nas comunidades onde atuamos. Somos esteio tanto no que tange às ações sociais promovidas ao longo do ano, quanto no apoio e orientação para uma educação financeira, voltada para o futuro e para os brasileiros.
 
Celso Figueira é presidente da Central Sicredi Brasil Central
 

Compartilhar

Comentar

Deixe abaixo seu comentário:      

Email

Compartilhe este artigo por email: