Notcias

Circulares

Rádio Goiás Cooperativo

2018 2017 2016 2015 2014 2013

Últimas notícias

Buscar

Notícias

Audincia discute prejuzos s cooperativas agropecurias

13/07/2017


Representantes de diversas cooperativas agropecuárias, do governo federal, do Sistema OCB nacional, além de deputados federais, discutiram, nesta quarta-feira (12), os impactos negativos do Plano Agrícola e Pecuário 2017/2018 (PAP) às cooperativas brasileiras do ramo agro. A proposta é reverter resoluções do Banco Central, que dificultaram o acesso das cooperativas ao crédio do PAP. 

A discussão foi feita durante audiência pública realizada na Comissão de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural, da Câmara dos Deputados, a pedido da Frente Parlamentar do Cooperativismo.

Uma das resoluções exige que as cooperativas repassem uma lista vinda com CPF e valor a ser emprestado a cada um dos cooperados. A outra prevê a criação de limites, por CNPJ, para concessão de crédito de custeio de insumos e de integração de aves e suínos. Antes, esses tetos eram definidos por CPF.

Para o presidente do Sistema OCB nacional, Márcio Lopes, o mecanismo proposto é uma manobra para retirar as cooperativas do atual modelo de concessão de crédito rural. Além disso, os limites por CNPJ criariam tetos muito baixos para cooperativas, que necessitam de créditos operacionais maiores. 

A audiência na Câmara teve a presença de cerca de 40 presidentes de cooperativas de todo o Brasil e foi avaliada como positiva, pelo presidente do Sistema OCB. A reunião também teve a participação de representantes do Ministério da Agricultura e Pecuária (Mapa) e possibilitou sensibilizar o Congresso Nacional, confirmando que o ministério compreende a necessidade de corrigir os rumos do plano, o mais rapidamente possível.

“Acredito que mostramos as dificuldades que o Plano traz para as cooperativas e percebemos uma sensibilização grande do Congresso Nacional. Também sentimos uma sinalização bastante clara em relação ao Ministério da Agricultura. Ontem, inclusive, o ministro Blairo Maggi, num evento que contou com a participação do presidente Michel Temer, ressaltou que o ministério precisa reverter as questões que prejudicam as cooperativas brasileiras”, declarou Márcio Freitas.

Em sua apresentação, o presidente da OCB destacou o papel do cooperativismo no setor agropecuário e sua contribuição econômica e social em diversas localidades do País. Na sequência, apresentou os impactos do PAP 2017/2018 às cooperativas, ressaltando a necessidade de manutenção das normas da política agrícola do ano anterior. Para Márcio, “o olhar da política pública não deve estar direcionado aos CNPJs dos empreendimentos cooperativos, mas aos milhares de CPFs que compõem o seu quadro social. Cooperativa é formada por gente”.

Fonte: Portais Somos Cooperativismo e Canal Rural

Galerias

Cooperativas

Use o campo abaixo para buscar cooperativas. Buscar

Boletins

Cadastre seu email e receba nossos boletins.
Compartilhar

Comentar

Deixe abaixo seu comentário:      

Email

Compartilhe este artigo por email: