Notícias

Banco Central regulamenta auditoria em cooperativas de crdito

06/07/2016
dinheiro-mao-18613172.jpg


O Banco Central (BC) regulamentou as informações que devem fazer parte da auditoria que as cooperativas de crédito serão obrigadas a fazer. Da auditoria, devem constar informações sobre a saúde financeira das cooperativas e a gestão. Uma circular do Banco Central, publicada na semana passada, no Diário Oficial da União, estabelece os requisitos para a definição da atividade de auditoria cooperativa e para a elaboração dos relatórios.

Em dezembro de 2015, o Conselho Monetário Nacional (CMN) definiu que, até 2018, todas as cooperativas de crédito terão de passar por um novo tipo de auditoria. A auditoria cooperativa verificará se as entidades cumprem as normas do BC e vai ajudar o fundo garantidor das cooperativas de crédito a acompanhar a situação das instituições. O fundo tem o objetivo de dar segurança a associados depositantes e investidores das cooperativas.

A nova exigência será adotada em etapas. Até 31 de dezembro de 2016, as confederações e as cooperativas de crédito plenas que operam nos três níveis – singulares (formadas por associados), centrais (cooperativas singulares) e confederações ( cooperativas centrais) – terão de implementar a auditoria cooperativa. A obrigação será gradualmente estendida a todas as cooperativas de crédito, até 31 de dezembro de 2018.

Fonte: Agência Brasil

Galerias

Cooperativas

Use o campo abaixo para buscar cooperativas. Buscar

Boletins

Cadastre seu email e receba nossos boletins.
Compartilhar

Comentar

Deixe abaixo seu comentário:      

Email

Compartilhe este artigo por email: