Notícias

Brasileiros podem ter trabalhos escolhidos para cpula internacional

18/02/2016
cupula-internacional-de-cooperativismo-quebec-2016-21211315.JPG


O Sistema Desjardins e a Aliança Cooperativa Internacional (ACI) realizarão, entre os dias 11 e 13 de outubro, em Quebec, no Canadá, a III Cúpula Internacional de Cooperativas, principal evento global destinado ao desenvolvimento de negócios entre os diversos integrantes da comunidade cooperativista mundial. A cúpula é realizada a cada dois anos. A última edição, em 2014, contou com a participação de mais de 2 mil pessoas, oriundas de 90 países.

Um dos momentos altos do evento é a apresentação de trabalhos que retratem a realidade do cooperativismo nos mais diversos países onde o movimento está presente. Para isso, a organização está recebendo a inscrição de trabalhos que enfoquem o tema do evento que discutirá os impactos do cooperativismo na sociedade.

Os interessados em submeter seus trabalhos à análise da comissão têm até 29 de fevereiro para enviar os trabalhos. Os estudos aceitos serão apresentados ao público durante a conferência. Para isto, os autores terão inscrição gratuita para todo o evento. O resultado da análise dos trabalhos que farão parte da cúpula deve ser divulgado no dia 9 de maio.

Vitrine
O público da Cúpula Internacional das Cooperativas é formado por gestores, diretores, além de líderes de cooperativas de todos os lugares, ramos e portes. Além disso, nas edições anteriores houve a participação de um número expressivo de empresários de diversos setores da economia global. Na última edição, realizada em 2014, o evento contou com a participação do governador geral do Canadá.

A intenção desta cúpula é demonstrar os verdadeiros benefícios do modelo cooperativista nas economias em nível local, nacional e internacional, de maneira a evidenciar a importância decisiva dessas instituições como parte da solução para enfrentar os desafios socioeconômicos do século XXI. 

Os temas da conferência são divididos em cinco principais pilares das cooperativas. O objetivo é tanto frisar o impacto das cooperativas sobre suas partes interessadas como mostrar as influências recíprocas e, principalmente, a capacidade com que contam as partes envolvidas para transformar as cooperativas. Assim, serão abordados os impactos das cooperativas sobre os consumidores, empregados, produtores, investidores e comunidades.

O aspecto da diversidade e multidisciplinaridade dos participantes e colaboradores aporta qualidade às trocas de experiência. Por isso, a organização da conferência receberá estudos de variados perfis: profissionais ligados a cooperativas, representantes de comunidades locais, bem como pesquisadores de variados campos de estudo, tais como administração e gestão, economia, sociologia, ciências políticas, pesquisa operacional, geografia, dentre outras.

Para mais informações e saber sobre as inscrições, clique aqui.

Fonte: Sistema OCB
 

Galerias

Cooperativas

Use o campo abaixo para buscar cooperativas. Buscar

Boletins

Cadastre seu email e receba nossos boletins.
Compartilhar

Comentar

Deixe abaixo seu comentário:      

Email

Compartilhe este artigo por email: