Dia C

Sobre o DIA C GOIÁS

Aplicativo GCOOP

Aplicativo Gcoop

Prêmio de Jornalismo

1° Prêmio de Jornalismo Goiás Cooperativo

Vídeos sobre Ética

Vídeos sobre ética

Novo prédio OCB/GO

Novo prédio OCB-GO

Cooperativa amiga da Criança

Conheça a campanha

OCB/GO 60 Anos

60 anos de História

Código de conduta ética

Conheça o Código de conduta ética

Portal de Negócios

Conheça o Portal de Negócios

Prêmio de Jornalismo Goiás Cooperativo

1° Prêmio de Jornalismo Goiás Cooperativo

Cooperativismo Ilustrado

Confira todos Infocoops

Notícias

Centroleite divulga recomendações de prevenção ao coronavírus para suas filiadas

26/03/2020
vaca-91831611.jpg


Preocupada com o atual cenário de pandemia da Covid-19, a diretoria da Cooperativa Central de Laticínios de Goiás (Centroleite) divulgou comunicado à suas 19 cooperativas filiadas, com recomendações para evitar a contaminação com o novo coronavírus na coleta e transporte do leite.

O cuidado é essencial nesse momento, uma vez que existe uma série de interações presenciais diárias entre transportadores de leite com produtores e suas equipes, operadores de plataforma, frentistas, mecânicos e afins, além, é claro, de seus familiares e amigos. Atualmente, a Centroleite possui 19 cooperativas filiadas, que reúnem 3.500 produtores.

"O transporte de leite é uma atividade que não pode parar, pois é um dos alimentos nobres e essenciais à mesa das pessoas. Salientamos que a atividade de coleta de leite ainda possui algumas peculiaridades que necessitam de maiores cuidados, pois mantém uma interação diária entre o urbano e o rural, e alta relação interpessoal", explica o comunicado divulgado no boletim informativo da Centroleite.

Orientações e medidas

A cooperativa aponta seis recomendações prioritárias de prevenção ao contágio do coronarírus e para as boas práticas da coleta, entre as quais está a completa assepsia do caminhão usado no transporte do leite (com uso de solução de água sanitária diluída em água), além de evitar ter contato físico com pessoas nas fazendas, postos e plataformas de recebimento do produto (veja todas ao final da matéria).

A Centroleite também adotou como medida preventiva o regime de teletrabalho de todos os seus colaboradores e dirigentes. Com isso, a cooperativa contribui para evitar aglomerações e diminuir o contato físico entre pessoas, que são orientações dos organismos de saúde dos governos federal, estadual e municipais, da Organização Mundial da Saúde e das unidades de Goiás e nacional da OCB.

Veja as recomendações

1) Fazer a assepsia no caminhão (solução com uma parte de água sanitária para nove partes de água). Limpar cabine, volante, chave, painel, enfim, onde tiver contato com o transportador, após cada interação com outras pessoas (inclusive familiares).

2) Na fazenda, postos ou plataformas de recebimento: não ter contato físico com as pessoas e manter a distância de, no mínimo, dois metros uma da outra.

3) Lavar todos os utensílios de coleta com água e detergente, e secar bem, preferencialmente, com papel toalha (prática recomendada para a qualidade do leite).

4) Sempre lavar bem as mãos (dedos, unhas, punhos, palmas e dorso) com água e sabão. De preferência, utilizar toalhas de papel para secá-las. Além do sabão, outro produto indicado para higienizar as mãos é o álcool gel, que também serve para limpar objetos como telefones, cadeiras, maçanetas etc.

5) Utilizar lenço descartável para higiene nasal. Deve-se cobrir o nariz e a boca com um lenço de papel, quando espirrar ou tossir, e jogá-lo no lixo. Também é necessário evitar tocar olhos, nariz e boca sem que as mãos estejam limpas.

6) Na chegada à plataforma de recebimento, o transportador deve proceder da mesma forma e comunicar ao seu supervisor, se houver qualquer anormalidade na sua saúde.


Compartilhar

Comentar

Deixe abaixo seu comentário:      

Email

Compartilhe este artigo por email: