Dia C

Sobre o DIA C GOIÁS

Aplicativo GCOOP

Aplicativo Gcoop

Prêmio de Jornalismo

1° Prêmio de Jornalismo Goiás Cooperativo

Vídeos sobre Ética

Vídeos sobre ética

Novo prédio OCB-GO

Novo prédio OCB-GO

Cooperativa amiga da Criança

Conheça a campanha

OCB-GO 60 Anos

60 anos de História

Código de conduta ética

Conheça o Código de conduta ética

Portal de Negócios

Conheça o Portal de Negócios

Prêmio de Jornalismo Goiás Cooperativo

1° Prêmio de Jornalismo Goiás Cooperativo

Notícias

Comigo vai investigar causas do incêndio

09/06/2015
incendio-comigo-21513313.jpg


A Cooperativa Mista dos Produtores Rurais do Sudoeste Goiano (Comigo) informa que vai empenhar peritos próprios e de fabricantes fornecedores de equipamentos para fazer um levantamento das possíveis causas do incêndio de grandes proporções, que atingiu um secador de grãos da cooperativa, em Rio Verde, na madrugada de sábado (6).

Segundo o Corpo de Bombeiros, o compartimento onde o fogo começou estava cheio de soja. Não houve feridos, apenas danos materiais, cujos valores não foram divulgados pela Comigo. 

O sargento Bymael Vieira dos Santos, que esteve à frente da operação de combate ao incêndio, disse que o compartimento para transporte de grãos é feito de aço e que, por isso, não era recomendável usar água para combater o fogo na ocasião. Para que não houvesse o comprometimento e um possível desabamento da estrutura, a equipe dos Bombeiros efetuou o abafamento e retirada dos grãos por meio das esteiras, para que o fogo se extinguisse.

“O incêndio não traz riscos de proliferação, porque está confinado dentro de um ambiente totalmente fechado por metais”, afirmou o sargento, quando a equipe ainda controlava o fogo. Os bombeiros também reforçaram a falta de informações sobre a provável causa do incêncido, mas pode estar relacionada a um superaquecimento do secador.

Segundo a Comigo, a equipe da cooperativa vai emitir um laudo pericial das causas, o que pode demorar alguns dias.

Fonte: Comigo e G1 (texto), TV Anhanguera foto)

Compartilhar

Comentar

Deixe abaixo seu comentário:      

Email

Compartilhe este artigo por email: