Notícias

Boletim Goiás Cooperativo

Clipping Nacional

Flash Cooperativo

Circulares

Rádio Goiás Cooperativo

Rádio Goiás Cooperativo

Rádio Goiás Cooperativo/Interior

Podcasts

Releases

Cooperativismo Ilustrado

Vdeos

Central da Marca

Canais de Comunicao

Aplicativo GCOOP

Aplicativo Gcoop

Prmio de Jornalismo

1 Prmio de Jornalismo Gois Cooperativo

Museu Virtual Gois Cooperativo

Museu Virtual Gois Cooperativo

Vdeos sobre tica

Vdeos sobre tica

Novo prdio OCB-GO

Novo prdio OCB-GO

Cooperativa amiga da Criana

Conhea a campanha

OCB-GO 60 Anos

60 anos de Histria

Cdigo de conduta tica

Conhea o Cdigo de conduta tica

Portal de Negcios

Conhea o Portal de Negcios

Prmio de Jornalismo Gois Cooperativo

1 Prmio de Jornalismo Gois Cooperativo

Notícias

Complem inaugura usina de energia fotovoltaica nesta sexta-feira

19/10/2017
energia-solar-celulas-fotovoltaicas-1909199.jpg


O presidente do Sistema OCB/SESCOOP-GO, Joaquim Guilherme Barbosa de Souza, participa da inauguração da usina de energia fotovoltaica da Cooperativa Mista dos Produtores de Leite de Morrinhos (Complem), nesta sexta-feira (20), em São Luís de Montes Belos. Será a primeira usina de energia solar remota do Estado, com capacidade para produção de 262 quilowatts-hora, que vai abastecer as unidades do grupo B da Complem (prédios e escritórios).

Na ocasião, Joaquim Guilherme vai se encontrar com um grupo de aproximadamente 20 pessoas para lançar as bases de uma cooperativa que será pioneira no Centro-Oeste, na produção de energia fotovoltaica (solar): a Cooperativa dos Produtores de Energia Renovável do Brasil (Cooperb). A ideia é incluir vários cooperados como produtores de energia (pessoa física ou jurídica), que poderão utilizar a produção para consumo em suas empresas e residências.

Segundo o presidente, à medida em que mais pessoas se associarem à cooperativa, a capacidade de produção será aumentada, para atender de forma satisfatória a todos. "A conversa já está bastante adiantada. É provável que vamos sair desta reunião de sexta já com a ata de constituição de Cooperb", afirma. Ele adianta que a usina da Cooperb será ao lado da unidade da Complem, no mesmo condomínio de usinas, em São Luís de Montes Belos.

Compensação
A usina de energia fotovoltaica da Complem vai funcionar pelo Sistema de Compensação de Energia, de forma remota. Isso significa que a energia produzida pela unidade será injetada na rede da Celg (que é a distribuidora em Goiás) e destinada para os prédios da cooperativa. 

Caso a quantidade produzida não seja totalmente consumida, a Complem recebe créditos em energia pelo excedente, que podem ser usados em até 60 dias ou abatidos nas faturas seguintes. A expectativa é de que a produção gere uma economia de até 25% nas contas de energia da cooperativa.

Compartilhar

Comentar

Deixe abaixo seu comentário:      

Email

Compartilhe este artigo por email: