Notícias

Conhecer para cooperar Ramo Sade comea hoje

07/12/2017

As cooperativas brasileiras de saúde estão entre as mais sólidas do mundo. Por isso, quanto maior o conhecimento dos formuladores de políticas públicas a respeito da atuação delas, melhor. E é com a intenção de aprofundar esse olhar técnico que o Sistema OCB promove nesta quinta e sexta-feira, o módulo teórico do projeto Conhecer para Cooperar – Ramo Saúde. As atividades ocorrem na Casa do Cooperativismo, em Brasília.

O projeto conta com a participação de representantes da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), do Ministério da Saúde (MS), do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE) e do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). A ideia é apresentar a governança, as estratégias de gestão e, ainda, os conceitos essenciais e desafios enfrentados pelo setor de saúde cooperativista na atualidade. ​

Cerimônia

A abertura do projeto está prevista para as 8h30 e deverá contar com a participação de deputados integrantes da Frente Parlamentar do Cooperativismo (Frencoop), além do presidente do Sistema OCB, Márcio Lopes de Freitas, e do presidente da Faculdade Unimed, Ary Celio.

Os presidentes Eudes Arantes Magalhães (Confemed), José Alves Neto (Uniodonto do Brasil) e Orestes Barrozo (Unimed do Brasil), integrantes da coordenação do Conselho Consultivo do Ramo Saúde, falarão sobre o papel do cooperativismo de saúde para o país.

Também serão discutidos: os ambientes regulatório e normativo, as perspectivas, a estrutura de governança, a conjuntura econômica, as tendências, o papel do Sistema OCB, o ciclo de vida das cooperativas, bem como boas práticas. 

Módulo prático

O projeto continua no ano que vem, com pelo menos dois módulos práticos já definidos. O primeiro ocorrerá em fevereiro nas cidades de Fortaleza (CE), Belo Horizonte (BH) e Goiânia (GO); o segundo será em maio e terá como pontos de parada Florianópolis (SC), Curitiba (PR) e Campinas (SP). O objetivo é apresentar in loco modelos, atuação, desafios e trabalhos desenvolvimentos pelas cooperativas do Ramo Saúde.
 
Números

Presentes em 85% do território brasileiro, as cooperativas são fundamentais para levar atendimento e saúde de qualidade aos brasileiros, em todas as regiões e em todos os estados. Como resultado da união de esforços, as 813 cooperativas congregam mais de 225 mil profissionais cooperados, gerando trabalho e renda para quase 100 mil pessoas. Além disso, as cooperativas respondem por mais de 32% dos beneficiários da saúde suplementar brasileira, nos planos médico e odontológico.

Fonte: Somos Cooperativismo

Galerias

Cooperativas

Use o campo abaixo para buscar cooperativas. Buscar

Boletins

Cadastre seu email e receba nossos boletins.
Compartilhar

Comentar

Deixe abaixo seu comentário:      

Email

Compartilhe este artigo por email: