Dia C

Sobre o DIA C GOIÁS

Aplicativo GCOOP

Aplicativo Gcoop

Prêmio de Jornalismo

1° Prêmio de Jornalismo Goiás Cooperativo

Vídeos sobre Ética

Vídeos sobre ética

Novo prédio OCB/GO

Novo prédio OCB-GO

Cooperativa amiga da Criança

Conheça a campanha

OCB/GO 60 Anos

60 anos de História

Código de conduta ética

Conheça o Código de conduta ética

Portal de Negócios

Conheça o Portal de Negócios

Prêmio de Jornalismo Goiás Cooperativo

1° Prêmio de Jornalismo Goiás Cooperativo

Cooperativismo Ilustrado

Confira todos Infocoops

Notícias

Cooperativismo é tema de palestra na Amarê Fashion

03/09/2022
whatsapp-image-2022-09-03-at-18-8510105.jpeg


O cooperativismo foi o tema central de uma das palestras da Amarê Fashion – Semana da Moda Goiana, na programação deste sábado (3/09), no Centro Cultural Oscar Niemeyer, em Goiânia. A palestrante Helda Elaine fez uma provocação ao público presente, “que tal pensar o seu negócio a partir de uma cooperativa?”. A partir dessa premissa, ela desenvolveu sua palestra falando da importância da cooperação na vida de todas as pessoas. “Cooperar tá na moda e deve estar todos os dias. Nosso DNA é cooperativista”, disse. 

Helda explicou que as cooperativas colaboram para o desenvolvimento das localidades onde estão inseridas. “Quando surge uma cooperativa uma região cresce. Goiás tem a vocação de trabalhar a moda. É um polo. Precisamos trabalhar melhor a cooperação nesse setor. No cooperativismo a gente não se vê como concorrentes, mas como equipe. Com a ideia de que todos podemos ganhar juntos”, explicou.  

Helda é administradora, especialista em Comportamento e Desenvolvimento Humano; Comunicação e Marketing; Mestre em Desenvolvimento Regional e Agronegócio. Ela também detalhou os sete princípios do cooperativismo, que são Adesão livre e voluntária; Gestão democrática; Participação econômica; Autonomia e independência; Educação, formação e informação; Intercooperação e Interesse pela comunidade. 

Bordana 

Durante a palestra, Helda contou com um reforço de peso, da presidenta da cooperativa Bordana, Celma Grace de Oliveira. Ela falou de sua experiência e das outras associadas, desde a fundação da cooperativa.  

Celma disse que a Bordana foi formada por mulheres que não conseguiam entrar no mercado de trabalho, mas foi possível graças à cooperativa. “Algumas mulheres já bordavam individualmente, outras aprenderam o ofício depois, mas todas têm em comum o empoderamento que a cooperativa proporcionou a cada uma delas”, apontou. 

A Bordana já foi reconhecida com diversos prêmios, dentre eles, o Prêmio Acolher do Movimento Natura pelo impacto social gerado pela cooperativa e o Prêmio Top 100 de Artesanato do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae).   

Estande   

Durante os três dias de evento, foi possível conhecer de perto um pouco dos produtos da Bordana, que estavam expostos no estande do Sistema OCB/GO, uma das entidades apoiadoras da Amarê Fashion. Nele, além de ver de perto peças da Bordana como bolsas, almofadas, roupas, o público também teve a oportunidade de descobrir de que modo o cooperativismo é uma opção de modelo de negócio para o setor da moda.  

O estande do cooperativismo contou ainda com a participação do Sicoob e Sicredi. As duas cooperativas de crédito ofereceram seus serviços, produtos e linhas de crédito para quem está no setor da moda.  

Compartilhar

Comentar

Deixe abaixo seu comentário:      

Email

Compartilhe este artigo por email: