Notícias

Cooperativismo reabilita jovens em vulnerabilidade social

02/12/2015
projeto-viravida-16171143.jpg


O cotidiano de quem sofreu violência sexual não é fácil. É preciso conviver com marcas que podem comprometer o futuro de muitas crianças e adolescentes. O Programa Viravida é uma inciativa do Conselho Nacional do Serviço Social da Indústria (SESI) que resgata esses jovens em situação de vulnerabilidade para torná-los agentes de desenvolvimento do País. Nesse processo de reabilitação, o SESI-PA conta com mais um aliado: o cooperativismo.

O Departamento Regional do SESI assinou termo de cooperação técnica com o Sescoop/PA para o desenvolvimento de ações conjuntas para a capacitação dos jovens atendidos pelo Programa. O acordo tem o objetivo de desenvolver a cultura da cooperação, disseminar a doutrina, os princípios e os valores do cooperativismo aos jovens. “O nosso propósito é orientar esse público especifico de que o cooperativismo é uma alternativa comprovadamente eficaz para reabilitação social e para a geração de emprego e renda. Queremos capacitá-los para posteriormente auxiliá-los no processo de constituição, gestão e sustentabilidade da cooperativa advinda do projeto, não os tratando mais como vulneráveis, mas como donos do próprio negócio”, afirma o Presidente do Sistema OCB/PA, Ernandes Raiol. 

O Programa é desenvolvido em consonância com as diretrizes da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República para a redução da criminalidade e do aliciamento de jovens pelas redes de exploração sexual e tráfico de pessoas.

O Viravida compreende um processo sócio educativo que contempla formas de restituição dos direitos fundamentais dos beneficiados, incluindo educação básica, atendimento psicossocial, formação profissionalizante, noções de autogestão, empreendedorismo e cooperativismo, assim como encaminhamento ao mundo de trabalho. A iniciativa, desenvolvida desde 2008, combate a violação de direitos de crianças e adolescentes com idade entre os 14 a 24 anos, atendendo especialmente aqueles que sofrem violência sexual.

Cenário
No período de janeiro a julho deste ano, o estado do Pará registrou 115 denúncias de exploração sexual infantil. Se considerados os últimos quatro anos, o número sobe para 935 denúncias, segundo dados da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República. Em relação à capital, foram 180 registros nos últimos quatro anos.

Para a coordenadora operacional do ViraVida no Pará, Flávia Monteiro, o problema, apesar de sério, ainda tem pouca visibilidade. “O Estado do Pará, hoje, ocupa o terceiro lugar em número de casos de violência sexual contra crianças e adolescentes em nível de Brasil. Segundo a Polícia Rodoviária Federal, as estradas do Pará são as que mais têm ocorrência desse crime. Nós identificamos as carências que os alunos têm, como a superação dos seus traumas, e focamos no desenvolvimento humano deles. Um dos recursos utilizados é a arte educação que tem um engajamento muito grande dos alunos. O programa trabalha o fortalecimento dos vínculos familiares e comunitários do jovem atendido, além da sua profissionalização e inclusão produtiva sociedade”, esclarece.

O ViraVida foi criado pelo SESI em 2008. No Pará, o programa é desenvolvido desde 2009 e atende cerca de 100 jovens por ano. “Com a inclusão do cooperativismo na grade curricular do curso, os alunos terão uma ferramenta à mais para empreender. Eles já são formados em empreendedorismo, mas os princípios e valores cooperativistas preconizam um empreendedorismo diferente, coletivo. Eles são capacitados também a desenvolver negócios em conjunto. Aprendem que juntos, somos mais fortes e podemos alcançar resultados mais expressivos”, complemente Ernandes Raiol.

Em todo o País, denúncias de casos de exploração sexual podem ser feitas pelo Disque 100 ou pelo celular, por meio do aplicativo Proteja Brasil, desenvolvido pela Unicef e o governo brasileiro. Disponível na Apple Store ou na Google Play, a ferramenta auxilia os usuários a identificar e denunciar as violações de direitos de crianças e adolescentes. 

Fonte: Assimp Sistema OCB/PA

Galerias

Cooperativas

Use o campo abaixo para buscar cooperativas. Buscar

Boletins

Cadastre seu email e receba nossos boletins.
Compartilhar

Comentar

Deixe abaixo seu comentário:      

Email

Compartilhe este artigo por email: