Dia C

Sobre o DIA C GOIÁS

Aplicativo GCOOP

Aplicativo Gcoop

Prêmio de Jornalismo

1° Prêmio de Jornalismo Goiás Cooperativo

Vídeos sobre Ética

Vídeos sobre ética

Novo prédio OCB/GO

Novo prédio OCB-GO

Cooperativa amiga da Criança

Conheça a campanha

OCB/GO 60 Anos

60 anos de História

Código de conduta ética

Conheça o Código de conduta ética

Portal de Negócios

Conheça o Portal de Negócios

Prêmio de Jornalismo Goiás Cooperativo

1° Prêmio de Jornalismo Goiás Cooperativo

Cooperativismo Ilustrado

Confira todos Infocoops

Notícias

CooperEduca em Casa incentiva a educação financeira das crianças

02/03/2021
post-02mar-2021-blog-site-1080x675-21610212.jpg


Investir numa cultura de educação financeira desde a infância é a garantia da formação de adultos mais prósperos, felizes e hábeis no gerenciamento de suas finanças. Pensando nisso e apostando no princípio cooperativista que acredita na importância que têm os indivíduos socialmente responsáveis financeiramente e aptos a conduzir de forma racional e articulada sua vida financeira, é que a Confebras desenvolve, desde o início do ano passado, o CooperaEduca em Casa.

Uma iniciativa importante quando todas as atividades e programações presenciais foram substituídas por atividades à distância por conta da necessidade do isolamento para cuidarmos um do outro.

Trata-se de um projeto voltado a disseminar a educação cooperativista e financeira entre crianças dos 6 aos 12 anos. Para tanto, a Confebras disponibiliza o acesso a um conjunto de materiais exclusivos e específicos para trabalhar o tema com crianças, usando filmes, jogos, cofrinhos, livretos e o caderno do mediador.

Os kits são montados a partir do perfil e necessidades das diferentes faixas etárias, numa metodologia que facilita a aprendizagem. Um processo que permite às crianças tornarem-se multiplicadoras do conhecimento financeiro junto aos pais, amigos e familiares. É uma iniciativa relevante que o blog da Confebras vai trazer com mais detalhes, numa série de conteúdos.

Fases

Começamos falando um pouco sobre os materiais desenvolvidos para trabalhar a temática da educação financeira com crianças entre 6 e 8 anos de idade. É uma fase conectada ao processo de alfabetização e a descoberta do universo da matemática e dos números.

Isso significa um momento em que os horizontes infantis estão se ampliando, com o entendimento de que o mundo vai além do universo da própria criança. Ou seja, falamos de um estágio do desenvolvimento humano muito propício a estimular o raciocínio lógico. Outro ponto positivo é que as crianças, nessa fase, são bastante curiosas, estando abertas a se desafiar e a incorporar novos conceitos.

Veja os materiais que o CooperaEduca em Casa disponibiliza para as atividades de Educação Financeira com crianças entre 6 e 8 anos de idade. São excelentes formas de aproveitar toda a potencialidade dessa fase para a criação de consciência financeira.

Livreto Nossa Primeira Cooperativa: narra a história de um grupo de crianças que, reunidas em um clubinho e com a ajuda do personagem Fortumiga, descobrem o valor de poupar e investir bem o dinheiro. No final da história, acaba surgindo uma cooperativa de crédito, como forma de ajudar um dos amiguinhos em dificuldades financeiras. O livreto também vem acompanhado de um caça-palavras;

Vídeo Cooperar e Poupar também é coisa de criança: que reedita a história do livreto, para o formato de animação em vídeo. É uma abordagem lúdica e divertida sobre o que é uma cooperativa de crédito e seu papel de incentivo financeiro.Vale a pena conhecer e aproveitar os materiais do CooperaEduca como investimento em futuros adultos financeiramente organizados e conscientes. São materiais que podem ser super bem aproveitados pelos pais para estudar com os filhos em casa, nessa fase em que as escolas vêm atuando em formato híbrido.

Vale a pena conhecer e aproveitar os materiais do CooperaEduca como investimento em futuros adultos financeiramente organizados e conscientes. São materiais que podem ser super bem aproveitados pelos pais para estudar com os filhos em casa, nessa fase em que as escolas vêm atuando em formato híbrido.

Fonte: Confebras

Compartilhar

Comentar

Deixe abaixo seu comentário:      

Email

Compartilhe este artigo por email: