Dia C

Sobre o DIA C GOIÁS

Aplicativo GCOOP

Aplicativo Gcoop

Prêmio de Jornalismo

1° Prêmio de Jornalismo Goiás Cooperativo

Vídeos sobre Ética

Vídeos sobre ética

Novo prédio OCB-GO

Novo prédio OCB-GO

Cooperativa amiga da Criança

Conheça a campanha

OCB-GO 60 Anos

60 anos de História

Código de conduta ética

Conheça o Código de conduta ética

Portal de Negócios

Conheça o Portal de Negócios

Prêmio de Jornalismo Goiás Cooperativo

1° Prêmio de Jornalismo Goiás Cooperativo

Notícias

Coopmego participa de audiência pública na Alego

11/10/2019
coopmego-3918818.jpeg


Uma audiência audiência pública para debater as condições de trabalho dos motoristas de aplicativos de entrega foi realizada nesta sexta-feira (11), na Assembleia Legislativa de Goiás (Alego). O evento foi coordenado pelo autor da iniciativa, deputado Cairo Salim (Pros). A Coopmego (Cooperativa dos Condutores de Motocicletas do Estado de Goiás) participou da audiência e sugeriu o cooperativismo como forma de regularizar e oferecer melhores condições de trabalho aos motoristas.  

De acordo com Valdenor Cabral dos Santos, diretor administrativo e financeiro da Coopmego, a cooperativa propôs que os motoristas que estão trabalhando na informalidade deveriam ser regularizados. “Apresentamos nosso modelo cooperativista, que é uma economia mais solidária e valoriza principalmente o lado humano do trabalhador”, conta. 

Além do deputado Cairo Salim, a mesa foi composta também pelos seguintes nomes: procurador do Ministério Público do Trabalho, Marcelo Ribeiro Silva; vereador do município de Goiânia, Lucas Kitão; tenente coronel do Comando da Polícia Militar, Leonardo Rezende; representante do 1º Comando Regional da Polícia Militar; representante da Comissão de Direito do Trabalho da OAB de Aparecida de Goiânia, Bruna Giagini; diretor administrativo da Secretaria Municipal de Trânsito e Mobilidade, Robson Alves Paulino; coordenador técnico do Samu, Aleandro Pinheiro de Sousa.

Em seu pronunciamento na abertura de audiência pública sobre motoristas de aplicativo, Cairo Salim afirmou que é preciso garantir boas condições de trabalho para os motoristas de aplicativo. “Eu sei que essa profissão é a salvação para muita gente. Mas é preciso garantir as condições de trabalho. É preciso garantir a segurança dos motoristas e da sociedade. Precisamos encontrar maneiras de proteger a categoria para que não sejam vítimas de crimes”, pontuou o parlamentar.

Ao final da reunião, o deputado estadual afirmou que todas as sugestões discutidas na audiência seriam encaminhadas ao executivo estadual e à prefeitura de Goiânia.

(Com informações da Alego)

Compartilhar

Comentar

Deixe abaixo seu comentário:      

Email

Compartilhe este artigo por email: