Dia C

Sobre o DIA C GOIÁS

Aplicativo GCOOP

Aplicativo Gcoop

Prêmio de Jornalismo

1° Prêmio de Jornalismo Goiás Cooperativo

Vídeos sobre Ética

Vídeos sobre ética

Novo prédio OCB/GO

Novo prédio OCB-GO

Cooperativa amiga da Criança

Conheça a campanha

OCB/GO 60 Anos

60 anos de História

Código de conduta ética

Conheça o Código de conduta ética

Portal de Negócios

Conheça o Portal de Negócios

Prêmio de Jornalismo Goiás Cooperativo

1° Prêmio de Jornalismo Goiás Cooperativo

Cooperativismo Ilustrado

Confira todos Infocoops

Notícias

Crescimento de beneficiários médico-hospitalares com 59 anos ou mais desafia planos de saúde

29/10/2018

O total de beneficiários de planos de saúde com 59 anos ou mais aumentou 2, 5% entre agosto de 2018 e o mesmo mês do ano passado, o que representa 164, 5 mil novos vínculos, segundo a Nota de Acompanhamento de Beneficiários (NAB) do Instituto de Estudos da Saúde Suplementar (IESS).

No mesmo período, o número de beneficiários com até 18 anos caiu 0,6%, o que significa 66,5 mil vínculos rompidos. Além disso, 98 mil beneficiários com idade entre 19 e 58 anos também deixaram os planos. Uma retração de 0,3%. “Na Unimed Goiânia, as faixas etárias de maior concentração de beneficiários, que são de 0 a 18 anos e acima ou igual a 59 anos, têm se mantido estáveis. Entretanto, estamos atentos aos estudos que indicam aumento das taxas de envelhecimento da população e temos nos preparado ao longo dos anos para enfrentar o impacto”, afirma o presidente da Cooperativa, Breno de Faria. O diretor de Recursos e Serviços Próprios II, José Garcia, acrescenta que o Programa de Monitoramento de Pacientes Crônicos e as atividades do Grupo da Melhor Idade são ações importantes para aumentar a qualidade de vida dessa população, evitar internações e complicações de saúde desnecessárias, e melhorar o controle dos custos assistenciais.

Detalhamento do estudo nacional Em agosto de 2018 havia 47, 3 milhões de beneficiários de planos médico-hospitalares. Desses, 26, 8 mil (ou 56, 6% do total) eram titulares de planos de saúde, 20, 5 mil (ou 43,4%) dependentes e 34, 5 mil (ou 0,1%) não foram identificados. Houve redução de 91 mil beneficiários de planos médico-hospitalares entre agosto de 2018 e o mesmo mês do ano anterior. No entanto, essa queda não ocorreu igualmente conforme a titularidade do plano. Nesse mesmo período, entre os titulares, a variação percentual em 12 meses do número de beneficiários apresentou aumento de 0,3% (ou 82.017 beneficiários a mais) e, entre os dependentes, houve queda de 0,4% (ou redução de 78.740 beneficiários).

A seguir, para analisar um pouco mais essa movimentação de beneficiários entre agosto de 2017 e de 2018, verificou-se a variação em 12 meses dos titulares e dependentes de planos de médico-hospitalares segundo a faixa etária e o sexo.

Este ano, dos 47,3 milhões de beneficiários médico-hospitalares, observa-se que mais da metade (29,1 milhões ou 61,8%) tinham entre 19 e 58 anos, 11,3 milhões tinham entre 0 e 18 anos e 6,9 milhões estavam com 59 anos ou mais. Em comparação com agosto de 2017, o número de beneficiários entre 0 e 18 anos reduziu 0,6% (-66,5 mil beneficiários), entre 19 a 58 anos caiu 0,3% (-98,0 mil) e com 59 anos ou mais aumentou 2,5% (+164,5 mil). No entanto, essa movimentação não foi igual de acordo com a titularidade. Na próxima edição divulgaremos o perfil de titulares e dependentes de planos de saúde do país.

Fonte: IESS e Unimed Goiânia.

Compartilhar

Comentar

Deixe abaixo seu comentário:      

Email

Compartilhe este artigo por email: