Dia C

Sobre o DIA C GOIÁS

Aplicativo GCOOP

Aplicativo Gcoop

Prêmio de Jornalismo

1° Prêmio de Jornalismo Goiás Cooperativo

Vídeos sobre Ética

Vídeos sobre ética

Novo prédio OCB-GO

Novo prédio OCB-GO

Cooperativa amiga da Criança

Conheça a campanha

OCB-GO 60 Anos

60 anos de História

Código de conduta ética

Conheça o Código de conduta ética

Portal de Negócios

Conheça o Portal de Negócios

Prêmio de Jornalismo Goiás Cooperativo

1° Prêmio de Jornalismo Goiás Cooperativo

Notícias

Dilma diz que sociedade deve dividir “carga” com o governo

06/03/2015

A presidente Dilma Rousseff usou o pronunciamento em rede nacional pelo Dia Internacional da Mulher para fazer uma longa defesa ao ajuste fiscal e dizer que a economia do País só deve começar a melhorar a partir do fim do ano. Afirmando que o governo está usando “armas diferentes e mais duras” das que foram utilizadas na primeira fase da crise, em 2008, ela ressaltou que todos terão de fazer sacrifícios e arrematou dizendo que são suportáveis porque tem “o povo mais forte do que nunca”.

“Este processo (de ajuste) vai durar o tempo que for necessário para reequilibrar a nossa economia”, afirmou, prevendo os primeiros resultados “já no final do segundo semestre”. Dilma declarou que “a carga negativa”, até agora absorvida pelo governo, agora será dividida “em todos os setores da sociedade” e classificou de “corajosa” sua atitude frente a crise econômica no País.

O escândalo das suspeitas de corrupção na Petrobras, que vem monopolizando o noticiário, foi mencionado rapidamente e apenas no fim de sua fala. Ela frisou que a investigação das denúncias de corrupção na estatal é “ampla, livre e rigorosa”. Com isso, buscou responder as acusações de parlamentares da base aliada de que seu governo tenta interferir nas apurações da Operação Lava Jato. (Fonte: O Popular)

Compartilhar

Comentar

Deixe abaixo seu comentário:      

Email

Compartilhe este artigo por email: