Notícias

Boletim Goiás Cooperativo

Clipping Nacional

Flash Cooperativo

Circulares

Rádio Goiás Cooperativo

Rádio Goiás Cooperativo

Rádio Goiás Cooperativo/Interior

Podcasts

Releases

Cooperativismo Ilustrado

Vdeos

Central da Marca

Canais de Comunicao

Aplicativo GCOOP

Aplicativo Gcoop

Prmio de Jornalismo

1 Prmio de Jornalismo Gois Cooperativo

Museu Virtual Gois Cooperativo

Museu Virtual Gois Cooperativo

Vdeos sobre tica

Vdeos sobre tica

Novo prdio OCB-GO

Novo prdio OCB-GO

Cooperativa amiga da Criana

Conhea a campanha

OCB-GO 60 Anos

60 anos de Histria

Cdigo de conduta tica

Conhea o Cdigo de conduta tica

Portal de Negcios

Conhea o Portal de Negcios

Prmio de Jornalismo Gois Cooperativo

1 Prmio de Jornalismo Gois Cooperativo

Notícias

Estudo mostra a situao da agricultura familiar no Distrito Federal

22/01/2015

O tamanho médio dos estabelecimentos de agricultura familiar no Brasil é 17 vezes menor do que o de não familiar, chamdo empresarial. No Distrito Federal, essa realidade é ainda mais impactante: 19 vezes menor. 

O Brasil é um dos países que tem a maior concentração fundiária do planeta e este é um dos problemas crônicos vivenciados pela nação, afirma o presidente da Companhia de Planejamento (Codeplan) do Distrito Federal, Julio Flávio Maragaya. Dados do Censo Agropecuário do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) de 2006 demonstravam essa realidade. 

Entretanto, no DF, que tem um terreno menor, há uma característica peculiar. "Diferente do Mato Grosso ou do Pará, onde a grande propriedade tem milhares de hectares, aqui, uma propriedade com 200 hectares já é considerada grande. Isto impõe uma limitação econômica ao desenvolvimento da agricultura no DF. O ideal é que produzíssemos alimentos consumidos pela população, o chamado cinturão verde, e houvesse uma menor especialização na produção de soja, de milho, mas o que se tem é o oposto", explica Maragaya.

Há mais de 20 anos, a situação da agricultura familiar no Brasil tem uma política de assentamento e está com um quadro melhor nos últimos anos. Centenas de milhares de pessoas tiveram acesso à terra, mas esse processo precisa continuar avançando. Além disso, o crédito está chegando mais facilmente, apesar das dificuldades na assistência técnica. (Fonte: EBC Rádios)

Compartilhar

Comentar

Deixe abaixo seu comentário:      

Email

Compartilhe este artigo por email: