Dia C

Sobre o DIA C GOIÁS

Aplicativo GCOOP

Aplicativo Gcoop

Prêmio de Jornalismo

1° Prêmio de Jornalismo Goiás Cooperativo

Vídeos sobre Ética

Vídeos sobre ética

Novo prédio OCB/GO

Novo prédio OCB-GO

Cooperativa amiga da Criança

Conheça a campanha

OCB/GO 60 Anos

60 anos de História

Código de conduta ética

Conheça o Código de conduta ética

Portal de Negócios

Conheça o Portal de Negócios

Prêmio de Jornalismo Goiás Cooperativo

1° Prêmio de Jornalismo Goiás Cooperativo

Cooperativismo Ilustrado

Confira todos Infocoops

Notícias

Federação GO|TO|DF apresenta resultados da Pesquisa de Clima Organizacional

30/04/2018
cerrado-1299186.JPG


A Federação das Unimeds dos Estados de Goiás e Tocantins e do Distrito Federal (Federação GO|TO|DF) divulgou, no dia 11 de abril, o resultado da Pesquisa de Clima Organizacional (PCO), executada pela empresa Maio - Gente e Gestão. O objetivo do levantamento foi apresentar uma avaliação dos colaboradores sobre o trabalho que desenvolvem na entidade, a relação deles com os seus gestores, avaliar a imagem que eles têm da cooperativa e as perspectivas profissionais.

A pesquisa também buscou obter informações que direcionem medidas, como a melhoria contínua da qualidade no ambiente de trabalho de forma a promover o desenvolvimento pessoal e profissional dos colaboradores e ganhos para a Federação GO|TO|DF. Além disso, os resultados auxiliam os gestores a encontrar possíveis falhas que possam comprometer a oferta de condições de segurança adequadas para o trabalho e ajudam a melhorar a comunicação interna na organização.

Para viabilizar as ações sugeridas pela Pesquisa de Clima Organizacional, está sendo criado pela Federação o Grupo de Melhoria do Clima Organizacional, formado por colaboradores e que tem como objetivo principal apontar melhorias para os problemas apresentados pela PCO. A ideia é proporcionar um bom relacionamento entre os diferentes níveis hierárquicos da organização e criar um ambiente saudável de trabalho por meio do aperfeiçoamento do relacionamento interpessoal.

A PCO mostrou que a Federação GO|TO|DF é uma empresa que transmite uma imagem positiva ao mercado, pois 85,5% dos colaboradores afirmaram ter essa impressão sobre a organização. Outro ponto avaliado foi a preocupação da entidade com o bom atendimento ao cliente externo, item que teve 77,4% de concordância plena dos participantes. A maior parte dos colaboradores também elencou que a cooperativa é ágil, moderna e competitiva e que a remuneração condiz com o cargo ou função desempenhados.

Apesar de em menor quantidade, alguns aspectos foram avaliados como itens que precisam ser trabalhados. Entre eles estão a sobrecarga de trabalho, as condições de segurança no ambiente laboral e a necessidade de um maior conhecimento sobre os princípios do cooperativismo e os objetivos do setor. Além destes, a pesquisa pontuou como áreas que precisam de melhorias a comunicação interna, a integração entre os setores e a agilidade na tomada de decisão pela alta direção.

De acordo com a PCO, os colaboradores também demonstraram a necessidade de participarem de cursos para auditoria de enfermagem, de treinamentos, além de um maior espírito de união e colaboração entre os colaboradores das diversas áreas da cooperativa. Do ponto de vista da estrutura física, os resultados mostram que a maioria dos participantes da pesquisa defende ser necessário melhorar a aparência na recepção e a fachada da entidade.


Pesquisa

A Pesquisa de Clima Organizacional (PCO) foi aplicada no dia 21 de fevereiro e teve a participação de 84 dos 107 colaboradores da Federação. Esse levantamento de informações é aplicado uma vez por ano e por meio das informações apuradas os gestores da Federação GO|TO|DF podem avaliar a opinião dos colaboradores, e partir deste conjunto de dados, elaborar estratégias de melhoria. A pesquisa deste ano teve como base a realizada em 2017. Ao todo, foram 73 questões objetivas e três subjetivas. O resultado da pesquisa foi apresentado aos colaboradores por meio de gráficos e porcentagens, com cada uma das respostas comparadas às levantadas em 2015 e 2016. Durante a apresentação os colaboradores puderam tirar dúvidas e contribuir por meio de sugestões de melhorias.

Fonte: Assessoria de imprensa

Compartilhar

Comentar

Deixe abaixo seu comentário:      

Email

Compartilhe este artigo por email: