Notícias

Boletim Goiás Cooperativo

Clipping Nacional

Flash Cooperativo

Circulares

Rádio Goiás Cooperativo

Rádio Goiás Cooperativo

Rádio Goiás Cooperativo/Interior

Podcasts

Releases

Cooperativismo Ilustrado

Vdeos

Central da Marca

Canais de Comunicao

Aplicativo GCOOP

Aplicativo Gcoop

Prmio de Jornalismo

1 Prmio de Jornalismo Gois Cooperativo

Museu Virtual Gois Cooperativo

Museu Virtual Gois Cooperativo

Vdeos sobre tica

Vdeos sobre tica

Novo prdio OCB-GO

Novo prdio OCB-GO

Cooperativa amiga da Criana

Conhea a campanha

OCB-GO 60 Anos

60 anos de Histria

Cdigo de conduta tica

Conhea o Cdigo de conduta tica

Portal de Negcios

Conhea o Portal de Negcios

Prmio de Jornalismo Gois Cooperativo

1 Prmio de Jornalismo Gois Cooperativo

Notícias

FGCoop publica primeiro Relatrio Trimestral do SNCC

10/12/2015


O Fundo Garantidor do Cooperativismo de Crédito (FGCoop) acaba de publicar o primeiro relatório trimestral do Sistema Nacional de Crédito Cooperativo (SNCC). O objetivo, segundo o diretor do Fundo, Cláudio Weber, é consolidar os números do sistema para trazer maior transparência às informações e dados estatísticos, ampliando, assim, o conhecimento do segmento de crédito cooperativo.

O relatório trimestral é composto por três tópicos: estrutura do SNCC, depósitos e operações de crédito. Segundo o documento, a participação dos depósitos totais do SNCC no Sistema Financeiro Nacional (SFN), em junho 2015, era de 4,40%, sendo esta incrementada em 0,35 pontos percentuais em relação à participação de dezembro de 2014, sendo os depósitos à vista nas cooperativas singulares e a captação de poupança dos bancos cooperativos os principais responsáveis por esse aumento observado.

Outro dado importante diz respeito ao volume de depósitos por regiões. Os gráficos disponíveis no relatório demonstram a participação das cooperativas no SFN por região. Seis Estados superam ou igualam a marca de 10% de participação no SFN: Santa Catarina (23%); Mato Grosso (20%); Rondônia (13%); Rio Grande do Sul (10%); Paraná (10%) e Mato Grosso do Sul (10%).

Para acessar a íntegra no relatório, clique aqui.

Compartilhar

Comentar

Deixe abaixo seu comentário:      

Email

Compartilhe este artigo por email: