Notícias

Importncia do cooperativismo destaque em confraternizao

16/07/2015
coapil-5-confraternizacao-dos-associados-joaquim-g-1614165.jpg


“O que seria de Piracanjuba sem a Coapil”, provocou o presidente da Federação da Agricultura e Pecuária de Goiás (Faeg), José Mário Schreiner, durante visita ao município, no último sábado. Ele falou especificamente da Cooperativa Agropecuária Mista de Piracanjuba (Coapil) enquanto era assistido por centenas de produtores que escolheram o coletivo como forma de trabalho, mas também fez questão de destacar outros casos de sucesso do cooperativismo goiano. 

“O que seria de Morrinhos sem a Complem? De Bela Vista sem a Cooperbelgo? De Orizona sem a Coapro?”, perguntou, sem abrir espaço para que os presentes respondessem. “Nem precisa responder, não é? Essas cooperativas são máquinas que fazem os municípios e, consequentemente, todo nosso Goiás funcionar bem”. José Mário prestigiou a 5ª Confraternização dos Associados da Coapil, que reuniu produtores e representantes do setor agropecuário e teve a presença do presidente do Sistema OCB/SESCOOP-GO e da Complem, Joaquim Guilherme Barbosa de Souza.

Segundo Joaquim Guilherme, a Coapil veio, ao longo dos anos, aumentando sua participação de mercado com papel importante no desenvolvimento regional, o que faz da cooperativa um exemplo vivo de que é possível ganhar espaço com trabalho coletivo. Fundada há 37 anos, a Coapil, conta hoje com mais de 1.400 associados e reuniu todos eles para uma confraternização na qual foram relembradas partes da história que fizeram de Piracanjuba referência em cooperativismo. José Mário afirmou que é muito importante destacar o papel dos cooperados e colaboradores: “Braços fortes que trabalham e empurram o Brasil para frente, rumo ao desenvolvimento”. 

E continuou: “Hoje temos dois países: um que nos envergonha, com tanta corrupção, escândalos e uma crise econômica de deixar qualquer um de cabelo em pé; e outro que nos orgulha. É o Brasil do trabalho, do esforço, da união e da capacitação”, completou Schreiner, que também é presidente do Conselho Administrativo do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural em Goiás (Senar Goiás).

José Mário foi recebido pelos presidentes da Coapil, José Lourenço de Castro, e do Sindicato Rural (SR) de Piracanjuba, Eduardo Iwasse. “Nossa atividade – agropecuária – é árdua e conta com uma rotina cansativa. Só chegamos até aqui por causa da dedicação de cada um de vocês. O resultado é que a Copail cresce e a cidade de Piracanjuba se desenvolve economicamente”, pontuou Lorenço.

Eduardo Iwasse também fez questão de destacar a representatividade da Coapil e o quanto o município ganha força com a parceria entre a cooperativa e o SR. “Aqui em Piracanjuba conseguimos melhorar o Parque de Exposição e tirar o programa Equoterapia do papel. Trabalhando juntos vamos mais longe”, afirmou.

Ao lado deles ainda estavam o senador Ronaldo Caiado e o presidente da Cooperativa Central de Laticínios de Goiás (Centroleite), Haroldo Max. 

Fonte: Diário da Manhã

Galerias

Cooperativas

Use o campo abaixo para buscar cooperativas. Buscar

Boletins

Cadastre seu email e receba nossos boletins.
Compartilhar

Comentar

Deixe abaixo seu comentário:      

Email

Compartilhe este artigo por email: