Dia C

Sobre o DIA C GOIÁS

Aplicativo GCOOP

Aplicativo Gcoop

Prêmio de Jornalismo

1° Prêmio de Jornalismo Goiás Cooperativo

Vídeos sobre Ética

Vídeos sobre ética

Novo prédio OCB/GO

Novo prédio OCB-GO

Cooperativa amiga da Criança

Conheça a campanha

OCB/GO 60 Anos

60 anos de História

Código de conduta ética

Conheça o Código de conduta ética

Portal de Negócios

Conheça o Portal de Negócios

Prêmio de Jornalismo Goiás Cooperativo

1° Prêmio de Jornalismo Goiás Cooperativo

Cooperativismo Ilustrado

Confira todos Infocoops

Notícias

Mais de R$ 185 milhões: Sicoob Uni disponibiliza recursos para empresas goianas

29/10/2020
pronampe-central-sicoob-uni-14181608.JPG

 
Apoiar de forma efetiva os associados é um compromisso das cooperativas financeiras que se torna ainda mais notório em um cenário de crise como o atual. Em Goiás, boa parte das cooperativas filiadas à Central Sicoob Uni aderiram ao Pronampe e ao PEAC, iniciativas voltadas ao amparo de empresas de diferentes portes. 

Até a primeira quinzena de outubro, as instituições disponibilizaram via Pronampe mais de R$ 101 milhões para cooperados com empresas de micro e pequeno porte. Por sua vez, por meio do PEAC as cooperativas financeiras possibilitaram um aporte superior aos R$ 84 milhões aos associados que possuem negócios pequenos e médios e aqueles de grande porte atuantes nos setores da economia mais impactados pela pandemia.  

Cabe destacar que o sistema Sicoob foi o 2º agente financeiro nacional a liberar maiores recursos para os empresários durante a pandemia, de acordo com a pesquisa “O impacto da pandemia do coronavírus nos pequenos negócios”, liderada pelo Sebrae. Em Goiás, as cooperativas financeiras movimentaram R$8,9 bilhões em 2019, segundo pesquisa da OCB/GO. 

Pronampe 

O Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (Pronampe) é uma linha especial voltada para pequenos negócios, sendo o recurso destinado ao capital de giro das empresas durante a pandemia.   

O programa já contou com duas etapas e o secretário de Produtividade, Emprego e Competitividade, Carlos Da Costa, declarou que o governo deve lançar terceira fase, além de ter a intenção de tornar o programa permanente.  

PEAC 

Por meio do Programa Emergencial de Acesso ao Crédito (PEAC) as instituições financeiras cooperativas podem disponibilizar crédito aos associados, contando com a garantia do programa. 
A carência pode chegar a 12 meses e o prazo total da operação pode ser estabelecido entre 12 e 60 meses, acordados entre o associado e a cooperativa. A taxa de juros também será negociada com a cooperativa, sempre limitada a 1% a.m. 


Fonte: Assessoria de imprensa

Compartilhar

Comentar

Deixe abaixo seu comentário:      

Email

Compartilhe este artigo por email: