Notícias

Boletim Goiás Cooperativo

Clipping Nacional

Flash Cooperativo

Circulares

Rádio Goiás Cooperativo

Rádio Goiás Cooperativo

Rádio Goiás Cooperativo/Interior

Podcasts

Releases

Cooperativismo Ilustrado

Vdeos

Central da Marca

Canais de Comunicao

Aplicativo GCOOP

Aplicativo Gcoop

Prmio de Jornalismo

1 Prmio de Jornalismo Gois Cooperativo

Museu Virtual Gois Cooperativo

Museu Virtual Gois Cooperativo

Vdeos sobre tica

Vdeos sobre tica

Novo prdio OCB-GO

Novo prdio OCB-GO

Cooperativa amiga da Criana

Conhea a campanha

OCB-GO 60 Anos

60 anos de Histria

Cdigo de conduta tica

Conhea o Cdigo de conduta tica

Portal de Negcios

Conhea o Portal de Negcios

Prmio de Jornalismo Gois Cooperativo

1 Prmio de Jornalismo Gois Cooperativo

Notícias

Meta de zerar resduos de agrotxicos em vegetais est prxima

27/12/2016
907604-79906673-1919191611.jpg


A meta de obter 100% de conformidade com parâmetros adequados de toxidade em alimentos vegetais está muito próxima de ser alcançada. “Continuaremos a buscar os 100% em  produtos, como frutas,  cereais, amêndoas e pimentas para garantir a segurança alimentar”, garantiu Luis Rangel, secretário de Defesa Agropecuária, do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, ao  comentar resultado do Programa de Análise de Resíduos de Agrotóxicos em Alimentos (Para) divulgado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Noventa e nove por cento dos produtos vegetais, avaliados entre 2013 e 2015, estavam em conformidade com os padrões estabelecidos pela legislação, revelou a Anvisa. “Conseguimos reverter um cenário com mais de 25% de amostras não conformes das pesquisas anteriores para apenas 1%”, destacou Rangel.

O Mapa, por meio do Plano Nacional de Controle de Resíduos e Contaminantes (PNCRC), e a Anvisa, por intermédio do Para, trabalham de forma conjunta, uniformizando e harmonizando ações para monitorar os resíduos de agrotóxicos em produtos vegetais. Um dos objetivos do programa é proporcionar orientação nas cadeias produtivas sobre inconformidades no processo produtivo e incentivar Boas Práticas Agrícolas (BPA). O programa conta com a participação de 27 unidades da Federação, envolvidas na amostragem e na tomada de decisões depois de conhecidos os resultados. As análises são realizadas por quatro Laboratórios Centrais de Saúde Pública (Lacen GO, MG, RS e PR) e por um laboratório privado contratado por processo licitatório.

De acordo com a coordenadora-geral de Qualidade Vegetal do Mapa, Fátima Parizzi, o Mapa e a Anvisa estão definindo mecanismos para convergências entre os planos de amostragem dos planos de Controle de Resíduos e o de Análise que possibilitem rastrear os produtos desconformes até a sua origem.

Fonte: Mapa

Compartilhar

Comentar

Deixe abaixo seu comentário:      

Email

Compartilhe este artigo por email: