Dia C

Sobre o DIA C GOIÁS

Aplicativo GCOOP

Aplicativo Gcoop

Prêmio de Jornalismo

1° Prêmio de Jornalismo Goiás Cooperativo

Vídeos sobre Ética

Vídeos sobre ética

Novo prédio OCB/GO

Novo prédio OCB-GO

Cooperativa amiga da Criança

Conheça a campanha

OCB/GO 60 Anos

60 anos de História

Código de conduta ética

Conheça o Código de conduta ética

Portal de Negócios

Conheça o Portal de Negócios

Prêmio de Jornalismo Goiás Cooperativo

1° Prêmio de Jornalismo Goiás Cooperativo

Cooperativismo Ilustrado

Confira todos Infocoops

Notícias

OCB é eleita pelo BC para o Conselho Deliberativo do Open Banking

14/07/2020

O Banco Central divulgou na sexta-feira (10), as seis associações ou grupo de associações eleitas para indicar representantes ao Conselho Deliberativo da estrutura inicial responsável pela governança da implementação no País do Sistema Financeiro Aberto (Open Banking). A Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB) foi uma das escolhidas. O processo eletivo teve como base as regras constantes na Circular nº 4.032, de 23 de junho de 2020, e a  manifestação formal das associações quanto ao interesse em participar desse Conselho Deliberativo.

São elas:


I – GRUPO 1:
a) subgrupo 1.1: Federação Brasileira de Bancos (Febraban);
b) subgrupo 1.2: Associação Brasileira de Bancos (ABBC); e
c) subgrupo 1.3: Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB);

II – GRUPO 2:
a) subgrupo 2.1: Associação Brasileira das Empresas de Cartões de Crédito e Serviços (Abecs);
b) subgrupo 2.2: grupo composto pela Associação Brasileira de Instituições de Pagamentos (Abipag), Associação Brasileira de Internet (Abranet) e Câmara Brasileira de Comércio Eletrônico (Câmara-e.net); e
c) subgrupo 2.3: grupo composto pela Associação Brasileira de Crédito Digital (ABCD) e Associação Brasileira de Fintechs (ABFintechs).
Conselho deliberativo e estrutura responsável pela governança


As seis associações e grupos de associações eleitas para o Conselho Deliberativo deverão formalizar a estrutura inicial até 15 de julho de 2020. A partir dessa formalização, as mesmas associações e grupos de associações deverão indicar seis conselheiros titulares e suplentes para o Conselho Deliberativo que deverão, em primeiro lugar, designar o conselheiro independente para, posteriormente, poderem deliberar sobre a convenção e outros aspectos necessários para a implementação no País do Open Banking. 

Além do Conselho Deliberativo (nível estratégico), a estrutura inicial também será composta por um nível administrativo, formado pelo Secretariado, e um nível técnico, composto pelos Grupos Técnicos. É importante ressaltar que poderão participar dos Grupos Técnicos, além de representantes das associações presentes no Conselho Deliberativo, representantes de outras associações, de instituições participante do Open Banking, de empresas de tecnologia, de acadêmicos, entre outros especialistas, conforme composição a ser decidida pelo Conselho Deliberativo.

O BC acompanhará as discussões dos Grupos Técnicos e do Conselho Deliberativo, sendo responsável pela aprovação da convenção a ser proposta por essa estrutura.


OPEN BANKING

O Open Banking é uma ação inserida na agenda BC#, dimensão competitividade, que visa permitir o compartilhamento padronizado de dados e serviços pelas instituições autorizadas a funcionar pelo BC por meio da abertura e da integração de seus sistemas, com o uso de interfaces dedicadas para essa finalidade e mediante prévio consentimento do cliente no caso de dados a ele relacionados. O Open Banking será implementado gradualmente a partir deste ano e seu objetivo é aumentar a concorrência e a eficiência no Sistema Financeiro Nacional e no Sistema de Pagamentos Brasileiro, além de promover a cidadania financeira e incentivar a inovação. 

Fonte: Banco Central com adaptação da MundoCoop

Compartilhar

Comentar

Deixe abaixo seu comentário:      

Email

Compartilhe este artigo por email: