Notícias

Boletim Goiás Cooperativo

Clipping Nacional

Flash Cooperativo

Circulares

Rádio Goiás Cooperativo

Rádio Goiás Cooperativo

Rádio Goiás Cooperativo/Interior

Podcasts

Releases

Cooperativismo Ilustrado

Vdeos

Central da Marca

Canais de Comunicao

Aplicativo GCOOP

Aplicativo Gcoop

Prmio de Jornalismo

1 Prmio de Jornalismo Gois Cooperativo

Museu Virtual Gois Cooperativo

Museu Virtual Gois Cooperativo

Vdeos sobre tica

Vdeos sobre tica

Novo prdio OCB-GO

Novo prdio OCB-GO

Cooperativa amiga da Criana

Conhea a campanha

OCB-GO 60 Anos

60 anos de Histria

Cdigo de conduta tica

Conhea o Cdigo de conduta tica

Portal de Negcios

Conhea o Portal de Negcios

Prmio de Jornalismo Gois Cooperativo

1 Prmio de Jornalismo Gois Cooperativo

Notícias

OCB-GO: 62 anos de um modelo econmico solidrio e democrtico em Gois

02/10/2018
62-anos-selo-18180114.png


Desde 1956, o cooperativismo goiano pôde se apoiar no trabalho incansável de uma entidade que se desdobra, continuamente, para a melhoria do atendimento às suas cooperativas e para o desenvolvimento do setor. A OCB-GO chega, nesta terça-feira (2), aos 62 anos de fundação.

Goiás conta atualmente com 218 cooperativas registradas pela OCB-GO, em nove dos 13 ramos de atividade do cooperativismo, nos quais o sistema está inserido. Juntas, elas reúnem 194.441 cooperados e 11.108 empregos diretos. As cooperativas goianas também geram significativa movimentação na economia do Estado, apresentando patrimônio líquido de R$ 4,92 bilhões e receitas de R$ 9,63 bilhões, segundo números de dezembro de 2017, publicados no Censo do Cooperativismo Goiano 2018.

Além dessa representatividade econômica, o cooperativismo tem uma doutrina alinhada à crescente demanda da sociedade por práticas mais orientadas às necessidades sociais e à sustentabilidade. Isso porque as cooperativas reúnem pessoas ou grupos com os mesmos interesses, a fim de obter vantagens comuns em suas atividades econômicas, oferecendo possibilidade de gestão democrática e participação econômica de todos.

Portanto, pela disseminação de seus princípios e valores, esse sistema pode promover uma realidade socioeconômica diferente para as gerações futuras, uma vez que se propõe a formar uma base econômica mais solidária e democrática, com mais bem-estar social e melhor distribuição de renda.

Para o presidente da OCB-GO, Joaquim Guilherme Barbosa de Souza, é notório o quanto tem sido frutífero o trabalho da entidade, nesses últimos anos, pelo aumento da sua capacidade técnica, da sua prestação de serviços e pela melhoria da sua estrutura. Ele relembra que a entidade, recentemente, inaugurou sua nova sede, um prédio de nove andares, com todas as condições físicas, tecnológicas e de localização para um atendimento de qualidade às cooperativas, algumas das quais virão, em breve, dividir o mesmo endereço com a instituição. "É um momento importante e acredito que reforçará a aproximação de alguamas cooperativas com o Sistema", detaca.

Joaquim Guilherme frisa também o importante papel do cooperativismo na recuperação do País, que ainda sofre com uma crise econômica e política. "Temos conseguido, mesmo diante de todas essas adversidades, navegar com tranquilidade. As cooperativas têm aumentado em quantidade, em número de cooperados e em sua participação nas áreas em que atua e demonstram que podem ser um auxílio na solução dos problemas economicosociais do País enfrenta." 

O pioneirismo da OCB-GO

Desde a sua criação, o Sindicato e Organização das Cooperativas Brasileiras no Estado de Goiás (OCB-GO) foi pioneiro em diversas frentes de trabalho, como na elaboração do primeiro projeto consolidado para formação profissional cooperativista do País, ainda na década de 70. Também deu início ao debate sobre a autogestão do sistema e, mais recentemente, lançou o Censo do Cooperativismo Goiano, que serviu de modelo para outras organizações, inclusive a nacional.

Dentro do seu principal foco, que é trabalhar continuamente para desenvolver o cooperativismo goiano, o Sistema OCB/SESCOOP-GO aproveitou o marco de seis décadas de existência da OCB-GO e empenhou-se na elaboração de um amplo conjunto de atividades, que foi chamado de 60 projetos, 60 ações. Foram ações direcionadas ao público interno e externo, que contemplaram, por exemplo, a manutenção e atualização da Certificação ISO, o lançamento do livro histórico dos 60 anos de OCB-GO, o 1º Prêmio Goiás Cooperativo de Jornalismo e o Museu Virtual Goiás Cooperativo, entre várias outras.

Recentemente, a OCB-GO lançou um Portal de Negócios para as cooperativas goianas. O ambiente virtual foi desenvolvido para aproximar compradores e fornecedores. A ferramenta disponibiliza um ambiente único para a divulgação dos produtos das cooperativas goianas. Além disso, por meio dele, comerciantes e outras indústrias poderão conhecer estes produtos e realizar encomendas. 

Ainda na parte de desenvolvimento tecnológico, o Sistema OCB/SESCOOP-GO lançou o GCOOP, seu aplicativo móvel digital para smartphones e tablets. Assim como em outros projetos pioneiros já encampados pela Casa ao longo de sua trajetória, o Sistema sai na frente novamente e se tornou a primeira unidade estadual do cooperativismo brasileiro a agregar serviços das duas entidades - OCB-GO e SESCOOP/GO - num APP próprio. Além de fazer a integração com o portal digital do Sistema OCB/SESCOOP-GO, oferecendo conteúdos atualizados, simultaneamente, com o site - como o calendário de cursos e eventos -, o GCOOP complementa o acesso a serviços da Casa, com novas funcionalidades. A principal novidade da ferramenta está no Banco de Empregos, criado para facilitar o intercâmbio entre empregadores e profissionais qualificados para o sistema cooperativo. Nessa função, as cooperativas têm espaço para oferecer vagas de trabalho, enquanto os candidatos interessados em trabalhar nesse modelo de negócio podem inscrever seus currículos.

Parabéns OCB-GO! Que venham mais décadas de representação, defesa e desenvolvimento das cooperativas, para o fortalecimento do sistema cooperativista goiano.

Compartilhar

Comentar

Deixe abaixo seu comentário:      

Email

Compartilhe este artigo por email: