Dia C

Sobre o DIA C GOIÁS

Aplicativo GCOOP

Aplicativo Gcoop

Prêmio de Jornalismo

1° Prêmio de Jornalismo Goiás Cooperativo

Vídeos sobre Ética

Vídeos sobre ética

Novo prédio OCB/GO

Novo prédio OCB-GO

Cooperativa amiga da Criança

Conheça a campanha

OCB/GO 60 Anos

60 anos de História

Código de conduta ética

Conheça o Código de conduta ética

Portal de Negócios

Conheça o Portal de Negócios

Prêmio de Jornalismo Goiás Cooperativo

1° Prêmio de Jornalismo Goiás Cooperativo

Cooperativismo Ilustrado

Confira todos Infocoops

Notícias

Pecuaristas goianos já podem emitir GTAs, Notas Fiscais e Dare por smartphone

27/01/2020
cai-14919129.jpg


A partir de sexta-feira (24/1), os pecuaristas de Goiás já podem emitir Guias de Trânsito Animal – GTAs e Notas Fiscais pelo telefone celular (smartphone). Basta acessar o Aplicativo Sidago, disponibilizado pela Agência Goiana de Defesa Agropecuária – Agrodefesa, por meio do Sistema de Defesa Agropecuária de Goiás – Sidago. A ferramenta, desenvolvida pela área de Tecnologia da Informação da Agência, é mais uma inovação oferecida com o objetivo de facilitar a vida dos criadores de bovinos, já que o aplicativo pode ser utilizado de qualquer localidade com internet, evitando perda de tempo e deslocamentos desnecessários. Esta foi uma das demandas apresentadas pelos representantes das cooperativas agropecuárias goianas que estiveram presentes no 3º Encontro do Ramo Agropecuário realizado na sede do Sistema OCB/SESCOOP-GO em 17 de outubro do ano passado.

Para o vice-presidente da Organização das Cooperativas Brasileiras do Estado de Goiás (OCB-GO) e vice-presidente da Cooperativa Agropecuária Mista de Piracanjuba, Astrogildo Gonçalves Peixoto, a assinatura dos termos vai contribuir para melhorar a vida do produtor goiano. “Vamos divulgar para todas as nossas 270 cooperativas no Estado para que possam prestar esse serviço também [emissão das GTAs e notas]. Atender bem ao produtor está no nosso DNA.”

Lançamento
O Aplicativo Sidago foi lançado na quarta-feira (22/1) pelo governador Ronaldo Caiado, durante visita que fez à sede da Agrodefesa. Após conhecer detalhes da nova ferramenta, ele disse tratar-se de um avanço tecnológico dos mais importantes e parabenizou a equipe da Agência pelo empenho em buscar soluções capazes de favorecer os produtores rurais. A primeira versão do Aplicativo Sidago está disponível para movimentação de bovinos dentro do Estado de Goiás, mas a expectativa é que no decorrer do ano seja habilitado para emissão de trânsito de outras espécies animais.

O presidente da Agrodefesa, José Essado, enfatiza que todo o esforço da área de TI é no sentido de desburocratizar, modernizar e agilizar os serviços, facilitando ao máximo o trabalho dos produtores. Ele enaltece o esforço da área de TI, que se empenhou no desenvolvimento deste aplicativo e já trabalha para incorporar outras facilidades para os produtores no decorrer de 2020.

Facilidades

O Aplicativo Sidago permite a emissão de GTAs, Notas Fiscais e boletos de Dare em celulares Android. A GTA emitida no aplicativo não precisa ser impressa, eliminando completamente o uso de papel, que é substituído por um QR Code. Este, após ser emitido, é compartilhado com o transportador de animais que deve ser identificado no preenchimento da guia. Para pagar o Dare da GTA, o produtor não precisa ir ao banco. Do próprio aparelho celular ele faz o pagamento, desde que opere sua conta bancária em meio eletrônico.

Para usar o Aplicativo, o produtor deve possuir login e senha do Sidago. Caso ainda não possua, o produtor pode obter sua senha acessando o site da Agrodefesa (www.agrodefesa.go.gov.br) e clicar no ícone Sidago e depois no link Primeiro Acesso. Também pode procurar uma Unidade Local ou Regional da Agrodefesa para obter a senha. Mais orientações e informações podem ser obtidas pelo e-mail informatica@agrodefesa.go.gov.br.  e pelo telefone (62) 3201-3552.Para obter um passo a passo detalhado do uso do aplicativo, clique aqui.

Fonte: Agrodefesa

Compartilhar

Comentar

Deixe abaixo seu comentário:      

Email

Compartilhe este artigo por email: