Dia C

Sobre o DIA C GOIÁS

Aplicativo GCOOP

Aplicativo Gcoop

Prêmio de Jornalismo

1° Prêmio de Jornalismo Goiás Cooperativo

Vídeos sobre Ética

Vídeos sobre ética

Novo prédio OCB/GO

Novo prédio OCB-GO

Cooperativa amiga da Criança

Conheça a campanha

OCB/GO 60 Anos

60 anos de História

Código de conduta ética

Conheça o Código de conduta ética

Portal de Negócios

Conheça o Portal de Negócios

Prêmio de Jornalismo Goiás Cooperativo

1° Prêmio de Jornalismo Goiás Cooperativo

Cooperativismo Ilustrado

Confira todos Infocoops

Notícias

Programa Cooperativismo na Escola será iniciado na segunda-feira

09/04/2021
coop-escola-101218181.png


Será realizada na próxima segunda-feira (12), às 15 horas, a aula inaugural, em formato virtual, do Curso de Formação em Cooperativismo para Educadores do Programa Cooperativismo na Escola. Uma iniciativa do Sistema OCB/GO em parceria com a Secretaria Estadual de Educação (Seduc).

O presidente do Sistema OCB/GO, Luís Alberto Pereira, explica que o projeto nasceu da vontade de transmitir os conceitos de cooperação, empreendedorismo e educação financeira desde cedo às crianças e aos jovens de escolas públicas. Futuramente, também poderá ser desenvolvido nas escolas particulares. “Temos a certeza de que, se as crianças crescerem já com essa mentalidade, nós vamos ter adultos mais empreendedores e mais cooperativos. A nossa intenção é repassar o conteúdo de forma transversal, por meio das matérias normais do currículo escolar, e culminar com o incentivo e o apoio para a criação de cooperativas mirins nessas escolas”, informa.

O programa será desenvolvido, inicialmente, em algumas escolas-piloto da rede estadual de ensino de Goiânia e Aparecida de Goiânia, mas os dirigentes do Sistema OCB/GO já estão em conversação com a prefeitura da capital para fazer um projeto similar na rede municipal. “Vamos também conversar com os prefeitos do interior. Consideramos que esse programa é valioso e deve gerar resultados significativos a médio e longo prazos”, frisa Luís Alberto Pereira. 

Transformação social

A secretária estadual de Educação, Fátima Gavioli, ressalta que a importância do programa está relacionada ao desenvolvimento de competências pelos professores e estudantes, como a autonomia, a independência e a intervenção positiva na própria comunidade. "O trabalho cooperativo é considerado um dos principais instrumentos de transformação social, porque tem como pilares a formação de lideranças, empreendedorismo, educação financeira e inclusão social", frisa.

O projeto-piloto envolverá oito unidades escolares e é um esforço para analisar e fazer adequações para que seja possível alcançar os objetivos. "Posteriormente queremos ampliar para outras escolas de diversas cidades goianas", explica Fátima Gavioli.

A secretária afirma que, com o apoio das escolas, é possível ensinar conceitos de trabalho em equipe, cooperação e democracia. "São princípios diretamente ligados ao cooperativismo e, por meio dele, os nossos jovens estudantes terão condições de sonhar e trabalhar para realizar projetos. Desenvolver esses conhecimentos e concretizar projetos não beneficia somente a comunidade escolar, impacta de forma positiva toda a comunidade onde a escola está inserida", acrescenta.

O programa será realizado ao longo de 2021 e destina-se a estudantes e professores do 7º, 8º e 9º anos do ensino fundamental, mediante adesão voluntária, e se propõe a desenvolver ações que, a um só tempo, constituam educação continuada para professores e tenham possibilidade de aplicação prática. Está formatado para, simultaneamente, formar professores e favorecer o protagonismo e a autonomia dos estudantes, apresentando-lhes desafios que valorizem sua presença na comunidade.  

Participe!


Compartilhar

Comentar

Deixe abaixo seu comentário:      

Email

Compartilhe este artigo por email: