Dia C

Sobre o DIA C GOIÁS

Aplicativo GCOOP

Aplicativo Gcoop

Prêmio de Jornalismo

1° Prêmio de Jornalismo Goiás Cooperativo

Vídeos sobre Ética

Vídeos sobre ética

Novo prédio OCB-GO

Novo prédio OCB-GO

Cooperativa amiga da Criança

Conheça a campanha

OCB-GO 60 Anos

60 anos de História

Código de conduta ética

Conheça o Código de conduta ética

Portal de Negócios

Conheça o Portal de Negócios

Prêmio de Jornalismo Goiás Cooperativo

1° Prêmio de Jornalismo Goiás Cooperativo

Notícias

Programa de Educação Financeira recebe selo ENEF

27/03/2019

As discussões que envolvem a sustentabilidade têm envolvido governos, empresas e sociedade civil ao redor do globo e, aqui no Brasil, não é diferente. Além da redução de indicadores como geração de resíduos, por exemplo, o que também está em pauta é a preservação dos recursos financeiros, que demanda necessariamente um amplo e profundo olhar sobre a educação financeira do brasileiro.

É por isso que o Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo (Sescoop) desenvolve, há três anos, o Programa de Formação de Facilitadores em Gestão de Finanças Pessoais (GFP), visando oferecer a cooperados, seus familiares e, ainda, empregados de cooperativas, de forma gratuita, reflexões sobre a melhor forma de utilização do dinheiro. O desenvolvimento da metodologia contou com a parceria do Banco Central do Brasil.

Até o fim de 2018, o programa GFP, como também é chamado, já havia formado cerca de 450 facilitadores que, após serem certificados, atuam na disseminação de conteúdos de educação financeira ao público alvo buscando transformar a sua relação com o dinheiro.
 
O programa que já beneficiou mais de 52 mil pessoas, em grande parte do país, acaba de receber do Comitê Nacional de Educação Financeira (Conef), vinculado ao Banco Central, o selo ENEF, atestando que as iniciativas realizadas contribuem com a disseminação de ações de educação financeira, alinhadas à Estratégia Nacional de Educação Financeira.

“Esse selo é a materialização de que o programa desenvolvido pelo Sescoop, com apoio do Banco Central e das nossas cooperativas, contribui diretamente com os três pilares dessa estratégia, que são: promover a educação financeira e previdenciária, aumentar a capacidade do cidadão para realizar escolhas conscientes sobre a administração dos seus recursos e, por fim, contribuir para a eficiência e a solidez dos mercados financeiro, de capitais, de seguros, de previdência e de capitalização”, avalia o presidente do Conselho Nacional do Sescoop, Márcio Lopes de Freitas.
Para o líder cooperativista, a educação financeira é um dos pilares do setor cooperativista, “visto que o sucesso das sociedades cooperativas está intimamente ligado à saúde financeira de seus cooperados”.
 
O programa

O GFP tem por objetivo proporcionar conhecimentos de educação financeira aos cooperados, seus familiares e empregados de cooperativas, visando conscientizá-los a respeito da importância da gestão das finanças pessoais de forma consciente e responsável.
 
O selo

O selo ENEF foi constituído para assegurar a qualidade das iniciativas desenvolvidas com a finalidade de educar as pessoas quanto ao uso sustentável do próprio dinheiro e, ainda, que estejam alinhadas aos princípios da Estratégia Nacional de Educação Financeira. Trata-se, portanto, de uma marca que identifica essas iniciativas e reconhece a importância dessas ações.

Fonte: Somos Cooperativismo

Compartilhar

Comentar

Deixe abaixo seu comentário:      

Email

Compartilhe este artigo por email: