Notícias

Boletim Goiás Cooperativo

Clipping Nacional

Flash Cooperativo

Circulares

Rádio Goiás Cooperativo

Rádio Goiás Cooperativo

Rádio Goiás Cooperativo/Interior

Podcasts

Releases

Cooperativismo Ilustrado

Vdeos

Central da Marca

Canais de Comunicao

Aplicativo GCOOP

Aplicativo Gcoop

Prmio de Jornalismo

1 Prmio de Jornalismo Gois Cooperativo

Museu Virtual Gois Cooperativo

Museu Virtual Gois Cooperativo

Vdeos sobre tica

Vdeos sobre tica

Novo prdio OCB-GO

Novo prdio OCB-GO

Cooperativa amiga da Criana

Conhea a campanha

OCB-GO 60 Anos

60 anos de Histria

Cdigo de conduta tica

Conhea o Cdigo de conduta tica

Portal de Negcios

Conhea o Portal de Negcios

Prmio de Jornalismo Gois Cooperativo

1 Prmio de Jornalismo Gois Cooperativo

Notícias

Sicoob deve liberar R$ 6,8 bilhes para safra 2015/2016

16/07/2015
plantacao-2-1316151014.jpg


O Sistema de Cooperativas de Crédito do Brasil (Sicoob) prevê liberar R$ 6,8 bilhões em crédito rural para seus cooperados produtores rurais. Os recursos são oriundos do Plano Agrícola e Pecuário (PAP) para a safra 2015/2016, do Governo Federal.  Desse montante, cerca de R$ 6,2 bilhões serão destinados para operações de custeio, investimento e comercialização, atendendo os beneficiários do Pronamp, do Pronaf e os demais produtores. Os outros R$ 600 milhões serão contratados com recursos do BNDES e do FCO.

“Na safra 2014/2015 o Sicoob liberou R$ 5,9 bilhões, o que representa um crescimento de 25% em relação ao ciclo anterior”, destaca o gerente de Agronegócios do Sicoob, Raphael Silva de Santana. “O Sicoob trabalha com todos os recursos disponíveis do crédito rural, desde os obrigatórios, o Funcafé, CPRF, além do FCO e as linhas do BNDES”. A estimativa é que 40% dos recursos do crédito nesta safra serão direcionados aos pequenos e médios produtores rurais”, completa.

Os estados com maior demanda de liberações de crédito rural no período de junho de 2014 até maio deste ano foram São Paulo, Santa Catarina e Minas Gerais, com 1,71 bilhão, R$ 861 milhões e R$ 814 milhões, respectivamente.

Fonte: Portal do Cooperativismo Financeiro

Compartilhar

Comentar

Deixe abaixo seu comentário:      

Email

Compartilhe este artigo por email: