Dia C

Sobre o DIA C GOIÁS

Aplicativo GCOOP

Aplicativo Gcoop

Prêmio de Jornalismo

1° Prêmio de Jornalismo Goiás Cooperativo

Vídeos sobre Ética

Vídeos sobre ética

Novo prédio OCB/GO

Novo prédio OCB-GO

Cooperativa amiga da Criança

Conheça a campanha

OCB/GO 60 Anos

60 anos de História

Código de conduta ética

Conheça o Código de conduta ética

Portal de Negócios

Conheça o Portal de Negócios

Prêmio de Jornalismo Goiás Cooperativo

1° Prêmio de Jornalismo Goiás Cooperativo

Cooperativismo Ilustrado

Confira todos Infocoops

Notícias

Sistema OCB/GO adere ao movimento Unidos pela Vacina

15/03/2021
unidos-pela-vacia-173101516.jpg


O Sistema OCB/GO acaba de aderir ao movimento ‘Unidos pela Vacina’. O anúncio foi feito pelo presidente da entidade, Luís Alberto Pereira, após ele ter participado de um encontro on-line com a empresária Luiza Helena Trajano, executiva do Magazine Luiza, que está à frente do projeto. O objetivo é sanar problemas técnicos e logísticos na distribuição do imunizante para que todos os brasileiros sejam imunizados até setembro deste ano.

“O cooperativismo goiano foi convidado a participar e aceitou de pronto. Ficamos muito honrados”, afirma Luís Alberto. 

À frente do Movimento Unidos pela Vacina em Goiás estão as líderes do Grupo Mulheres do Brasil/Núcleo Goiânia, Elaine Maria Moura, Helena Ribeiro e Sandra Méndez. E como empresário líder, Fernando Maia, do Grupo Saga.

A mobilização é apartidária e pretende contribuir em diversas frentes de trabalho que farão interfaces com o governo federal, com os Estados, secretarias de saúde, municípios e meios de comunicação. O objetivo é que não haja entraves para que a vacinação chegue o mais rápido possível a todos os cantos do Brasil.

A líder do movimento, Luiza Helena Trajano, é também presidente do Grupo Mulheres do Brasil, e suas 75 mil voluntárias, que potencializaram forças e vozes unindo-se a entidades como Instituto de Desenvolvimento do Varejo (IDV), Associação Brasileira de Redes de Farmácias e Drogarias (Abrafarma) e Federação Brasileira de Bancos (Febraban), entre outras instituições.

“Graças aos nossos cientistas, ao SUS, nós temos as vacinas. E agora, vamos trabalhar para que nenhum entrave, de qualquer natureza, impeça que as vacinas cheguem a qualquer ponto do País, seja nos grandes centros, seja no interior mais remoto, nas comunidades ou populações ribeirinhas. Vamos, juntos, cumprir essa meta de vacinação para todos os brasileiros até setembro deste ano”, conclui Luiza Helena Trajano.

Confira abaixo vídeo com mais detalhes sobre a participação do cooperativismo goiano no projeto:



Compartilhar

Comentar

Deixe abaixo seu comentário:      

Email

Compartilhe este artigo por email: