Dia C

Sobre o DIA C GOIÁS

Aplicativo GCOOP

Aplicativo Gcoop

Prêmio de Jornalismo

1° Prêmio de Jornalismo Goiás Cooperativo

Vídeos sobre Ética

Vídeos sobre ética

Novo prédio OCB/GO

Novo prédio OCB-GO

Cooperativa amiga da Criança

Conheça a campanha

OCB/GO 60 Anos

60 anos de História

Código de conduta ética

Conheça o Código de conduta ética

Portal de Negócios

Conheça o Portal de Negócios

Prêmio de Jornalismo Goiás Cooperativo

1° Prêmio de Jornalismo Goiás Cooperativo

Cooperativismo Ilustrado

Confira todos Infocoops

Notícias

Sistema OCB/GO empossa coordenador do Núcleo Cooperativo Nordeste

15/09/2021
image-2-61091512.png


Será realizada na sexta-feira, (17/09), às 10h, no Ity Hotel e Restaurante, em Cristalina (GO), a solenidade presencial de posse de Pedro Caldas na coordenação do Núcleo Nordeste e Entorno do Distrito Federal do Sistema OCB/GO. O evento contará com a presença do presidente do Sistema OCB/GO, Luís Alberto Pereira, do superintendente do SESCOOP/GO, Jubrair Gomes, e autoridades locais.

O encontro, além de promover a integração da regional com o Sistema OCB/GO, será uma oportunidade para os dirigentes do cooperativismo goiano conhecerem melhor as cooperativas e estreitarem laços com autoridades locais, contribuindo para o estabelecimento de futuras parcerias. Os Núcleos Regionais Cooperativos do Sistema OCB/GO foram criados em 1º de setembro do ano passado, em solenidade virtual e serão fundamentais para promover o desenvolvimento regional desse modelo de negócio, atrair cooperativas não registradas para o Sistema e incentivar a constituição de novas empresas cooperativas.

Segundo o presidente do Sistema OCB/GO, Luís Alberto Pereira, o principal objetivo a ser alcançado com a criação dos núcleos regionais é fortalecer e fomentar o cooperativismo em todas as regiões do Estado. “Os coordenadores vão gerenciar as demandas das cooperativas e organizar ações e benefícios do Sistema OCB/GO para que esteja mais presente em todo o Estado de Goiás, gerando mais benefícios para os cooperados e para a comunidade em geral”, explica.

Nesse sentido, o dirigente também destaca a importância das parcerias já estabelecidas com o Governo do Estado e com a Assembleia Legislativa (Alego). “Estas parcerias serão fundamentais para atendermos as demandas do nosso setor e também para trabalharmos juntos pelo desenvolvimento sustentável do nosso Estado”, enfatizou.

Pedro Caldas, presidente das cooperativas Sicredi Planalto Central e Arbo, disse que há muito trabalho a ser desenvolvido na região, com destaque para a área tributária e o fortalecimento da intercooperação, ou seja, dos negócios realizados entre as cooperativas. “É muito importante também aumentarmos a capacitação dos nossos cooperados”, frisou o coordenador do Núcleo Nordeste e Entorno do Distrito Federal, que abrange sete municípios (Santo Antônio do Descoberto, Valparaíso, Luziânia, Planaltina, Padre Bernardo, Água Fria de Goiás e Cristalina) e 17 cooperativas.
 
Coordenadores

Ao todo, são seis Núcleos Regionais Cooperativos da OCB/GO. O Central é coordenado pelo próprio presidente do Sistema OCB/GO. Os coordenadores dos demais núcleos são Pedro Caldas (Núcleo Nordeste e Entorno do DF), João Batista Machado (Núcleo Sul), Marcelo Ferreira (Núcleo Sudoeste), Pedro Barbosa de Oliveira (Núcleo Noroeste), e José Renato Almeida (Núcleo Norte).

Os núcleos abrangem cooperativas de diversos ramos: financeiro, agronegócio, transportes e saúde. Caberá a eles o assessoramento e a representação para a execução descentralizada de programas, projetos e atividades de interesse comum de todas as cooperativas goianas.

Entre os benefícios com a implantação dos núcleos regionais se destacam uma maior proximidade entre o Sistema OCB/GO e as cooperativas, que passam a ter acesso aos cursos e treinamentos em sua região, sem a necessidade de se deslocarem à capital; ampliação do relacionamento dos diversos segmentos de cooperativas; integração, por meio de encontros, de maior número de lideranças; implantação de projetos e programas que potencializem economicamente as cooperativas, tornando-as fortes e competitivas no mercado, bem como promover o intercâmbio de experiências e procedimentos técnicos.
 

Compartilhar

Comentar

Deixe abaixo seu comentário:      

Email

Compartilhe este artigo por email: