Dia C

Sobre o DIA C GOIÁS

Aplicativo GCOOP

Aplicativo Gcoop

Prêmio de Jornalismo

1° Prêmio de Jornalismo Goiás Cooperativo

Vídeos sobre Ética

Vídeos sobre ética

Novo prédio OCB/GO

Novo prédio OCB-GO

Cooperativa amiga da Criança

Conheça a campanha

OCB/GO 60 Anos

60 anos de História

Código de conduta ética

Conheça o Código de conduta ética

Portal de Negócios

Conheça o Portal de Negócios

Prêmio de Jornalismo Goiás Cooperativo

1° Prêmio de Jornalismo Goiás Cooperativo

Cooperativismo Ilustrado

Confira todos Infocoops

Notícias

Sistema OCB/GO sedia Reunião Ordinária da Câmara Deliberativa do FCO

17/08/2022
whatsapp-image-2022-08-17-at-15-141112156.jpeg


A 381ª Reunião Ordinária do Conselho de Desenvolvimento do Estado foi realizada nesta quarta-feira na sede do Sistema OCB/GO. O presidente da instituição, Luís Alberto Pereira, avalia que a reunião foi produtiva e destaca a importância de sediar a reunião em um momento que considera de boas notícias para o setor produtivo. “Além de aprovarmos um número significativo de investimentos para o setor empresarial e para o setor rural, também foram anunciadas medidas importantes, como a Carta Consulta Digital e o processo de migração da metodologia de cálculo de juros para o FCO empresarial”, informa.

Luís Alberto Pereira lembrou ainda que o FCO foi criado para incentivar a produção na região Centro-Oeste. “Por esse motivo temos que trabalhar para que os juros sejam sempre subsidiados, e que deem condição para que o empresário faça seus investimentos e possa gerar riquezas, empregos e renda”, frisa.

Nelson Fraga, titular da Superintendência de Desenvolvimento do Centro-Oeste (Sudeco), prestigiou a reunião e destacou que a atuação das cooperativas de crédito nos fundos constitucionais nos últimos dois anos apresentou significativa evolução. O montante das operações saltou de aproximadamente R$ 200 milhões para R$ 1,2 bilhão, atualmente.

“Há dois anos tínhamos um limite de crédito muito pequeno, de R$ 700 milhões, as contratações não chegavam a R$ 200 milhões. Felizmente hoje, com o trabalho que temos realizado de forma conjunta, nós percebemos que o limite de crédito do sistema cooperativo ultrapassou a casa de R$ 1 bilhão. Segundo Nelson Fraga isso se deu porque houve avanço no entendimento dos limites de contratação, pois existiam alguns problemas de interpretação da legislação que foram resolvidos.

“O setor cooperativista está avançando bem e a Sudeco vai ajudar a avançar mais, não só o sistema cooperativo, mas também junto às agências de fomento e alguns bancos que podem nos ajudar no repasse e dar mais dinamismo na contratação das operações”, disse. O superintendente afirmou que a Sudeco tem consciência da importância do sistema cooperativo de crédito, assim como dos demais ramos do cooperativismo, por isso tem trabalhado para fomentar os repasses, ajudando também no convencimento do Banco do Brasil, em sua divisão de administração.

Membro do Conselho Deliberativo do Desenvolvimento do Centro-Oeste (Condel) e Secretário de Estado da Retomada, César Moura considerou a reunião extremamente positiva. “É muito importante a presença do superintendente da Sudeco nesta reunião, mostra o apoio ao cooperativismo. Além disso, tratamos de boas notícias, com destaque para a geração de mais de 600 empregos com os investimentos aprovados”, comemora.


Compartilhar

Comentar

Deixe abaixo seu comentário:      

Email

Compartilhe este artigo por email: