Dia C

Sobre o DIA C GOIÁS

Aplicativo GCOOP

Aplicativo Gcoop

Prêmio de Jornalismo

1° Prêmio de Jornalismo Goiás Cooperativo

Vídeos sobre Ética

Vídeos sobre ética

Novo prédio OCB/GO

Novo prédio OCB-GO

Cooperativa amiga da Criança

Conheça a campanha

OCB/GO 60 Anos

60 anos de História

Código de conduta ética

Conheça o Código de conduta ética

Portal de Negócios

Conheça o Portal de Negócios

Prêmio de Jornalismo Goiás Cooperativo

1° Prêmio de Jornalismo Goiás Cooperativo

Cooperativismo Ilustrado

Confira todos Infocoops

Notícias

Unidade da OCB do Rio Grande do Norte propõe parceria à OCB/GO para produção de energia renovável

10/09/2021
ocbrn-1212918.jpeg


Com o objetivo de iniciar um trabalho de parcerias e de intercâmbios entre as entidades cooperativistas, o presidente do Sistema OCB/RN, Roberto Coelho, visitou nesta sexta-feira (10) a Casa do Cooperativismo Goiano. A pauta proposta pelo dirigente potiguar tem como uma das prioridades a realização de convênio com a OCB/GO para a implementação de unidades de geração híbrida de energias renováveis e o incentivo à integração da produção e beneficiamento de cooperativas goianas, com logística para exportação no Rio Grande do Norte. 

Agora, a viabilidade das propostas será avaliada pela OCB/GO. Roberto Coelho esteve em Goiás acompanhado do consultor Eloi Medeiros e do assessor jurídico da OCB/RN, Arlyson Horta. Foram recebidos pelo presidente do Sistema OCB/GO, Luís Alberto Pereira, o superintendente do SESCOOP/GO, Jubrair Gomes, e o coordenador de Relações Institucionais, Diogo Oliveira.

Roberto Coelho afirmou que Goiás é um estado que tem um potencial muito forte de produção de energia. “Principalmente aquela que chamamos de agroenergia, que vem do setor rural. Então, a nossa sugestão é fazer essa integração. Nosso trabalho é prioritariamente através do sistema cooperativo”, informa.

O presidente da OC/RN, falou também das vantagens da produção de energia por meio do cooperativismo. “Quando você faz numa unidade individualizada, ela tem um custo maior do que se fizer por uma cooperativa, por ter vários associados, o custo pode ser reduzido em torno de 25%”, diz. 

Além da parceria no setor de produção de energia renovável, as duas unidades estaduais do cooperativismo também devem estabelecer intercâmbios, troca de experiências. “Pretendemos trazer parlamentares que fazem parte da Frente Parlamentar no Rio Grande do Norte para conhecer cooperativas goianas”, conta Roberto Coelho. 

O presidente do Sistema OCB/GO, Luís Alberto Pereira, acredita na importância da troca de experiências com outras unidades e destaca especialmente a aproximação com a OCB/RN. “Eles têm muito interesse em energias renováveis e esse tema também nos interessa muito, tanto que estamos investindo em energia fotovoltaica para o Sistema OCB/GO e cooperativismo goiano, enfim, temos muitos assuntos em comum”, comenta.

Compartilhar

Comentar

Deixe abaixo seu comentário:      

Email

Compartilhe este artigo por email: