Dia C

Sobre o DIA C GOIÁS

Aplicativo GCOOP

Aplicativo Gcoop

Prêmio de Jornalismo

1° Prêmio de Jornalismo Goiás Cooperativo

Vídeos sobre Ética

Vídeos sobre ética

Novo prédio OCB/GO

Novo prédio OCB-GO

Cooperativa amiga da Criança

Conheça a campanha

OCB/GO 60 Anos

60 anos de História

Código de conduta ética

Conheça o Código de conduta ética

Portal de Negócios

Conheça o Portal de Negócios

Prêmio de Jornalismo Goiás Cooperativo

1° Prêmio de Jornalismo Goiás Cooperativo

Cooperativismo Ilustrado

Confira todos Infocoops

Notícias

Sicredi tem aumento de 58% na concessão de crédito para energia solar nos quatro primeiros meses de 2022

12/07/2022


O Sicredi, instituição financeira cooperativa com mais de 6 milhões de associados e presença em todos os estados brasileiros e no Distrito Federal, contabilizou um total de R$ 882 milhões em crédito destinado a projetos de energia solar no Brasil, entre janeiro e abril deste ano. O valor representa um aumento de 58% em relação ao mesmo período de 2021, que foi de R$ 560 milhões.

Do total de financiamento concedido no primeiro quadrimestre deste ano, 50% foram destinados a empresas, 33% a pessoas físicas e 17% ao agronegócio. A carteira de crédito do Sicredi para a finalidade atingiu R$ 5 bilhões em abril, o que representa um aumento de 84% no saldo em relação ao mesmo período de 2021.

"O mundo está cada vez mais atento a preservação dos recursos essenciais para a vida e o no Sicredi temos na nossa essência apoiar iniciativas que fomentam a sustentabilidade", afirma Thiago Rossoni, superintendente de Crédito e Negócios do Sicredi. "Trata-se de um compromisso não apenas ecológico, mas que também gera benefício financeiro aos associados a partir da economia com a conta de luz que é gerada com a utilização dos equipamentos".

Incentivos à energia solarUm dos motivos do crescimento dos projetos de energia limpa é o diferencial no trabalho realizado em parceria pela instituição com as empresas instaladoras. O modelo possibilita que o financiamento de instalação obtido no Sicredi já seja depositado diretamente na conta dessas empresas, facilitando o processo para seus associados.

Outro exemplo de incentivo e colaboração a projetos sustentáveis é o Programa de Desenvolvimento de Integradores de Energia Solar (PDI), desenvolvido no Rio Grande do Sul em parceria com o Sebrae/RS e a Universidade de Caxias do Sul (UCS). O programa oferece qualificação profissional na instalação de equipamentos solares às empresas parceiras, contribuindo para o seu desenvolvimento e qualidade dos serviços prestados. Hoje, são mais de 500 parceiros homologados por meio do programa.

Como forma de ampliar sua atuação no fomento de soluções sustentáveis, o Sicredi criou em 2021 uma área de Finanças Sustentáveis, dedicada à captação de recursos para a geração de valor à sociedade e ao meio ambiente. Em 2021, essa estrutura coordenou a captação de US$ 120 milhões junto à International Finance Corporation (IFC), membro do Banco Mundial, focada em atender à crescente demanda por crédito destinado à instalação de sistemas de energia solar.

"Nós temos como compromisso apoiar as pessoas em suas necessidades financeiras e cada vez mais temos aliado isso ao fomento de soluções sustentáveis, que contribuem não só economicamente, mas também em termos ambientais e sociais", conclui Rossoni.

Fonte: Assessoria de comunicação

Compartilhar

Comentar

Deixe abaixo seu comentário:      

Email

Compartilhe este artigo por email: